Garotas e livros

Os condenados - Andrew Pyper

Por 12:00 0 comentários
"A boa notícia é que isso não aconteceu, porque consegui voltar da morte.
A má notícia é que eu a trouxera comigo."


Mande notícias do mundo de lá
Diz quem fica
Me dê um abraço, venha me apertar
Tô chegando
Coisa que gosto é poder partir
Sem ter planos
Melhor ainda é poder voltar
Quando quero...



Essa foi a música que ficou martelando na minha cabeça enquanto lia Os condenados. Não me pergunte bem o porquê. Ou pergunte. Talvez essa história de despedida, de quem chega e quer ficar, quem vai e quer voltar, fique claro quando a gente sabe do que se trata a obra.

Danny Orchard conseguiu enganar a morte e ganhou uma segunda chance para viver. Só que ele não voltou do inferno sozinho. Em Os Condenados, Andrew Pyper, autor do fenômeno O Demonologista, explora as conexões de amor e ódio entre irmãos gêmeos, numa história sobrenatural digna de pesadelos.
Danny passou por uma experiência de quase-morte em um incêndio há mais de vinte anos. Sua irmã gêmea, Ashleigh, não teve a mesma sorte. Danny conseguiu transformar sua tragédia pessoal em um livro que se tornaria um grande best- seller. Ainda que isso não signifique que ele tenha conseguido superar a morte da irmã. Claro, ela nunca mais o deixaria em paz.
Mesmo depois de morta, Ash continua sendo uma garota vingativa e egoísta, como sempre. Mas agora que seu irmão finalmente tenta levar uma vida normal, ela se torna cada vez mais possessiva. Danny parece condenado à solidão. Qualquer chance de felicidade é destruída pelo fantasma de seu passado, e se aproximar de outras pessoas significa colocá-las em risco.

Título original: The Damned
Autor: Andrew Pyper
Editora: DarkSide
Ano: 2016
Páginas: 332

Primeiro trecho do livro:
"Meu nome é Danny Orchard. Pode soar familiar. Escrevi um livro há algum tempo, memórias da minha experiência de quase morte."
  • Compartilhe:

[Próximo lançamento] Operação Red Sparrow

Por 11:00 0 comentários

Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de forma abrupta. Logo em seguida, mais um golpe: a morte inesperada do pai, seu melhor amigo.
Desnorteada, Dominika cede à pressão do tio, vice-diretor do serviço secreto da Rússia, o SVR, e entra para a organização. Pouco tempo depois, é mandada à Escola de Pardais, um instituto onde homens e mulheres aprendem técnicas de sedução para fins de espionagem.
Em seus primeiros meses como pardal, ela recebe uma importante missão: conquistar o americano Nathaniel Nash, um jovem agente da CIA, responsável por um dos mais influentes informantes russos que a agência já teve. O objetivo é fazê-lo revelar a identidade do traidor, que pertence ao alto escalão do SVR.
Logo Dominika e Nate entram num duelo de inteligência e táticas operacionais, apimentado pela atração irresistível que sentem um pelo outro.


O livro foi anteriormente lançado pela Editora Arqueiro com o nome de Roleta Russa (2014). Agora, com o lançamento do filme, a editora relança o livro com nova capa. A espera pela obra e pelo filme é grande e tô bastante ansiosa para ver a maravilhosa Jennifer Lawrence atuando novamente. Tanto o filme quanto o livro tem data prevista para dia 01/03. Então vamos aguardar! ❤



  • Compartilhe:

Só se vive uma vez: toda decisão tem consequências - Bridie Clak

Por 11:55 0 comentários
Minha irmã ganhou esse livro e dia desses peguei pra ler. Já tinha lido um livro do mesmo estilo, no qual nós vamos tomando certas decisões durante a leitura que podem ir mudando o final. Li Quando uma garota entra no bar, lançado pela Novo Conceito há alguns anos e tinha gostado bastante. Esse porém não me agradou.

Você sobreviveu ao primeiro ano na Academia Kings, a prestigiosa escola de elite nas colinas de New Hampshire, mas espere um pouco para comemorar — parece que o segundo ano vai ser o real problema. Você terá de lidar com o estresse de se manter em dia com uma quantidade insana de lição de casa. Sem contar que suas colegas de classe estão dando festas incríveis de dezesseis anos e, se você quiser ter uma também, vai precisar arrumar um emprego.
Você vai escolher o trabalho como babá na cidade (e fingir não notar o flerte descarado do pai da criança)? Ou vai conseguir um estágio no New York Times — oferecido a você como um suborno —, além de ficar com um universitário?
Recheado de caminhos e reviravoltas surpreendentes, este pode acabar sendo o melhor ano da sua vida... ou pode fazer você voltar aos prantos para casa. Quaisquer que sejam as decisões que você tomar, o ano promete ser inesquecível. Mas escolhas devem ser feitas rapidamente, e você terá de decidir que riscos correr para conseguir status social, aventuras, sucesso e amor.
Título original: You Only Live Once - Snap Decision
Book 2
Autor: Bridie Clark
Editora: Verus
Ano: 2017
Páginas: 207

Primeiro trecho do livro:
"Bem vinda! Este é o seu segundo ano na Academia Kings, a escola de ensino médio megaelitizada localizada na bucólicas colinas de New hampshire. Sob toda aquela belíssima camada de hera murmura uma constante corrente de poder, prestígio e... pressão.


  • Compartilhe:

[Divulgação] HEX - Uma bruxa clássica. Um terror moderno

Por 17:04 0 comentários

Um jovem escritor vive em uma pacata cidade da Holanda, cercado por uma densa floresta. Os caminhos que ele precisa percorrer entre as folhas, moinhos e lagos o inspiraram a criar uma história macabra que, com sua originalidade e solidez, conseguiu tocar os corações assombrados dos mestres Stephen King, Joe Hill e George R.R. Martin. O terror holandês chega ao Brasil com Thomas Olde Heuvelt.


Toda cidade pequena tem segredos. Mas nenhuma delas é como Black Spring, o pacato vilarejo que esconde uma bruxa de verdade do resto do mundo. Os moradores sabem que não se deve mexer com ela. Assim como aconteceu com as bruxas de Salem, Katherine Van Wyler foi condenada à fogueira. Mas a feiticeira sobreviveu e continua rondando a cidade, mais de trezentos anos depois.


Com costuras em seus olhos e correntes nos braços, Katherine aparece nos lugares mais improváveis quando bem entende, sussurrando a morte para quem chega perto o suficiente para ouvir. Assim como a Morte Vermelha, de Edgar Allan Poe, ela enfeitiçou a alma da cidade de forma que escapar não é uma opção: quem se afasta demais tem a mente invadida por pensamentos suicidas, e muitos não retornam para contar a história.



Os habitantes de Black Spring controlam os passos da bruxa 24 horas por dia através do hexapp, um aplicativo de celular desenvolvido especialmente para garantir que a bruxa não seja revelada para os Forasteiros. A vigilância constante aumenta o clima de paranoia na cidade, enquanto um grupo de adolescentes desafia as regras e resolve provocar a bruxa para ver se ela é tão perigosa quanto dizem.


😱😱😱

  • Compartilhe:

A mulher na janela - A.J. Finn

Por 16:06 0 comentários
"[...] Bisbilhotar é como fotografar a natureza: a gente não interfere no que está vendo."

Fui surpreendida com o manuscrito do livro aqui em casa e mais surpresa ainda fiquei com a história. Tinha visto algo sobre o livro, mas não fazia ideia do quanto ele podia ser bom. E ele é incrível! É um thriller psicológico que te prende do começo ao fim, te fazendo duvidar o tempo todo do que pode ser real.

"Encarcerada em casa. Afastada da vida."
Anna Fox mora sozinha na bela casa que um dia abrigou sua família feliz. Separada do marido e da filha e sofrendo de uma fobia que a mantém reclusa, ela passa os dias bebendo (muito) vinho, assistindo a filmes antigos, conversando com estranhos na internet e... espionando os vizinhos. Quando os Russells – pai, mãe e o filho adolescente – se mudam para a casa do outro lado do parque, Anna fica obcecada por aquela família perfeita. Até que certa noite, bisbilhotando através de sua câmera, ela vê na casa deles algo que a deixa aterrorizada e faz seu mundo – e seus segredos chocantes – começar a ruir. Mas será que o que testemunhou aconteceu mesmo? O que é realidade? O que é imaginação? Existe realmente alguém em perigo? E quem está no controle? Neste thriller diabolicamente viciante, ninguém – e nada – é o que parece. "A Mulher Na Janela" é um suspense psicológico engenhoso e comovente que remete ao melhor de Hitchcock.

Título original: The Woman in The Window
Autor: A. J. Finn
Editora: Arqueiro
Ano: 2018
Páginas: 352

Primeiro trecho do livro:
"Falta pouco para que o marido dela chegue em casa. Dessa vez, vai pegá-la no flagra."

  • Compartilhe:

O cara dos meus sonhos (ou quase)

Por 17:13 0 comentários

E se você tivesse que atravessar o país para conhecer seu crush virtual?

plataforma 21
A cinéfila Bailey “Zibelina” Rydell troca mensagens com um nerd carismático igualmente apaixonado por filmes – Alex, seu crush virtual. Eles viviam separados por mais de mil quilômetros, até Bailey se mudar para a casa do pai na Califórnia – mais precisamente, para a mesma cidade de Alex.
Insegura e temendo que o Alex da vida real seja muito diferente de suas idealizações, Bailey não conta a ele que estão na mesma cidade. Ou que conseguiu um trabalho num museu “caça-turistas” local. Ou que ela está, pouco a pouco, sendo fisgada por um rapaz irritantemente atraente que trabalha no lugar – Porter Roth, cujo berço é uma lendária família de surfistas.
Só que a vida é muito mais complicada que qualquer filme, principalmente quando Bailey percebe a estreita fronteira entre ódio, amor ou seja lá o que estiver sentindo por Porter. Além disso, descobrir a verdadeira identidade de Alex mostra-se uma tarefa mais difícil do que ela imaginava.
Assim, conforme o verão passa, Bailey precisa decidir se permanece apegada a suas projeções de um Alex que ela nem sabe se existe ou se arrisca uma relação com Porter. Afinal, o cara dos seus sonhos não pode ficar só no mundo virtual. Mas o que Bailey não sabe é que Porter também guarda um segredo…

  • Compartilhe:

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge