Garotas e livros

#Resenha: Dr.House - Um guia para vida

Por 21:31 2 comentários

Alô gente!!

Novamente, é um prazer estar aqui com vocês o/...
Bem vim aqui deixar a indicação de um 'Guia pra vida' pra vocês.. Mesmo eu não sendo muito fã de Guias e tals, mas esse é Guia mais divertido que li na vida!
Apresento-lhes...
Dr. House: Um guia pra vida, de Toni de La Torre.



Bem, creio que muito de vocês já conhecem nosso famoso Dr. House, uma das séries que mais faz sucesso na televisão atualmente.
“O Dr. House é um indivíduo mal-educado, antipático, arrogante e solitário que acha que é o dono da razão e sempre tem um comentário ácido a fazer sobre tudo. Mesmo assim, possui uma grande quantidade de admiradores. As mulheres não conseguem resistir ao seu encanto, enquanto os homens tentam se parecer com o médico.”

Um autoajuda que mais se parece com autodepressão (se a pessoa levar a sério, né?), mas não se assuste! É um Guia pra você se divertir e claro, se você também quiser se tornar igual ao Dr. House... Basta seguir as recomendações de Toni de La Torre, que realmente se inspirou e nos mostra uma filosofia divertida e vencedora para que sua vida nunca mais seja como antes.

. Desconfie sempre dos outros. Se não tiver argumentos para isso, invente algo.
. O mundo conspira contra você, faça o possível para encontrar os culpados.
. Em vez de averiguar a verdade, faça suposições e imagine o pior.
. Imponha-se metas impossíveis, pois dessa forma nunca as conseguirá alcançar.



Neste livro fala também da incrível relação de House com Sherlock Holmes, o famoso detetive da literatura criado pelo escritor Arthur Conan Doyle em 1887(estórias que são muito boas aliás).  É quase como se House fosse uma homenagem à Holmes. E sim, os dois são muitíssimos semelhantes...antissociais, pretensiosos, seguros de si, usando os mesmos métodos para suas investigações... 


Aqui vai umas das frases de House...

Dr. House: Está vendo? Eles assumem que sou um paciente por causa da bengala.
Dr. Wilson: Então use um jaleco branco como nós.
Dr. House: Não quero que pensem que sou médico


(House atende um paciente cm a pele cor de laranja)
Dr. House: A sua mulher tem um caso.
Paciente: O quê?!
Dr. House: Você esta cor de laranja, imbecil! Uma coisa é você não perceber, mas se a sua mulher não notou que o marido mudou de cor é porque não presta atenção em você...


Dra. Cuddy: Não se prescrevem medicamentos com base em palpites. Pelo menos não desde Tuskeegee e Mengele.
Dr. House: Está me comparando a um nazista? ( sorri com admiração.) Que amável...


(Dr, House está com Stacy, quando o marido dela chega.)
Mark: O que está acontecendo?
Dr. House: Não é o que você está pensando. Parece que estamos lavando louça, mas na verdade estávamos fazendo sexo.



Por: Gabbe Barbosa

Você Deve Gostar Disto:

2 comentários

  1. Tenho este livro, e apesar de não curtir autoajuda, gostei dele.
    Acho que por ser ao estilo House (meu queridinho).
    Já de cara, no teste, descobri que eu sou totalmente House. hahaha

    ResponderExcluir
  2. Dr. Hause é uma série que eu gostava e geralmente tem bastante divertido o espectador, mas tão cativado pelo seu conteúdo. A verdade é que vale a pena.

    ResponderExcluir

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge