Garotas e livros

#Resenha: Ecos do Amanhã

Por 23:40 0 comentários



Ecos do Amanhã

Autor: Sérgio Sá
Editora: Sá
Ano: 2005
Páginas: 190









Um ruído constante. Uma música infernal que não para de tocar e fazer vibrar tudo aquilo existente na terra. 
Não se sabe ao certo quem foi o primeiro que escutou o som ou sentiu a vibração que ele causa em toda a matéria, o fato é que depois que esse ruído começou, nunca mais houve silêncio. 

No princípio ninguém deu muita importância a ele, pois ele se confundia com os outros sons. Este ruído era como dezenas de milhares de bolinhas de gude rolando ao mesmo tempo em chapas de onduladas de zinco de diversos tamanhos formando uma vibração instável e ininterrupta. O som ficava mais forte ou enfraquecia aleatoriamente, mas depois, não parou mais. 
Começou a ficar estranho quando era possível ouvi-lo até mesmo em uma cabine a prova de som ou lugares totalmente isolados. 

Dias, semanas, meses se passaram e nada do ruído parar, ou alguém descobrir de onde vinha. Gnogglog foi o nome dado a esse ruído e, com o objetivo de estudar esse som e destruí-lo foi que o governo reuniu oito cientistas e os isolaram a fim de dar início a esta batalha. 

Estragos já tinham sido feitos. Pessoas enchiam consultórios psiquiátricos, uns recorriam ao suicídio, muitos lotavam casas de recuperação. Já faziam três meses que o ruído tinha começado e o mundo não tinha muito ânimo. O comércio era pouco, o lazer foi paralisado, o trabalho era feito de maneira quase robótica. Ninguém mais agüentava esse zumbido que fazia vibrar todo o corpo e tudo que tinha massa no espaço. 

A causa dele ninguém sabia. Será falha humana ou castigo divino, ou algum ser que quer destruir a Terra? 
Quando a descoberta é feita, um problema cruza o caminho: ao anular a fonte de todo o ruído eles correm o risco de abalar o equilíbrio do universo. 


♪♪♪


O livro é bem complexo. Ele acaba tratando de vários problemas mundiais em uma história interessante. Como cada cientista tem sua especialidade, cada um dá seu palpite para tudo e o que vemos são personalidades diferentes. A devastação do meio ambiente, a poluição, as guerras, os vários tipos de religião, o egocentrismo do homem... tudo isso acaba sendo abordado em um contexto confuso e agitado. 

O autor interliga todos esses problemas como sendo criados pelo homem, que na verdade é, o culpado de tantas crises no mundo. Um livro que nos faz refletir sobre nossas atitudes e tudo aquilo que damos ao mundo. Será que ainda somos capazes de salvar o planeta? Será o homem o vilão de toda a história? 

Deixo a dica para quem quiser ler o livro, o leiam sem pressa e com a mente aberta. Você vai encontrar uma leitura de, talvez, nosso reflexo, ou de personalidades que vemos todos os dias. E o fim... Bem, o fim esta em nossas mãos. 




Classificação: 


Cheeiro^^
Danni

Você Deve Gostar Disto:

0 comentários

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge