Garotas e livros

#resenha: Eu Sou o Número Quatro - Pittacus Lore

Por 14:00 1 comentários



Eu Sou o Número Quatro

Autor: Pittacus Lore
Editora: Intrínseca
Ano: 2011
Páginas: 350 






Sinopse Aqui




Sei que estou em dívida com vocês, pois nunca mais postei resenha. Me perdoem. Mas vou melhorar. Bem, este livro foi um tanto polêmico pra mim. Vi muitas opiniões diferentes em relação a ele antes de ler e isso só me deixou curiosa sobre a história. Ainda não tinha lido nenhuma história de aliens como esta e me surpreendi. Apesar do livro ter tido muitas críticas negativas, eu não vou aqui falar delas, que para mim, foram poucas. Eu particularmente gostei muito do livro.


♫♫♫
O livro nos conta a história do planeta Lorien, que foi destruído por seres de um planeta vizinho, chamado Mogadore. Os Lorianos já passaram por toda a experiência que nosso Planeta Terra está passando - poluição,  redução da água, lixo nuclear, miséria, doenças - enfim, ele passou por tudo isso mas venceu. O oposto do que aconteceu com os Mogadorianos, que destruíram o seu planete e invadiram Lorien com o objetivo de usufruírem de todos os seus recursos.

Na invasão à Lorein, nove crianças com poderes especiais foram retiradas de lá, a fim de se salvarem para, um dia, retornarem ao planeta e o reconstruírem. Sendo que os Mogadorianos estão à caça desses que fugiram. Cada criança tem seu cêpan, que é um guardião, uma pessoa que vive para protegê-lo. E assim, os novos se dividiram e estão espalhados pela Terra. Mas um a um, estão sendo caçados. E, devido a um feitiço feito pelos anciãos em Lorien, eles só podem ser mortos em ordem crescente.

Na história, conhecemos John, o Número Quatro. Um rapaz de 17 anos que só queria ter uma vida normal. Em meio às fugas de uma cidade para outra ele conhece Sarah e se apaixona. Conhece também Sam, um nerd que é dedicado aos estudos dos aliens, pois acha que seu pai foi abduzido por um. Sam é o único amigo que John teve na vida, e ele passa a ser uma companhia sempre presente. Cada um dos nove Lorienos que fugiram possuem poderes especiais chamados Legados e que vão aparecendo com o tempo, a partir da adolescência. John com o tempo descobre que é imune ao fogo e ele e Henri, seu Cêpan, vão treinando a cada dia.

Os Mogadorianos acabam descobrindo onde eles estão e vão atrás dele. O pior é que pessoas próximas a ele também correm perigo, Sarah, Sam e Mark James são os principais. Mas uma ajuda não muito esperada acaba surgindo e a batalha começa. Ah! E também tem Bernie Kosar, o cachorrinho que John achou. Ele é... um animal bem interessante, se assim posso dizer.

Para quem gosta de ação, suspense, aliens, e aventura, vai amar o livro. E no final tem uma grande batalha. A gente consegue até imaginar o esforço físico deles, o  sangue escorrendo e tals... rsrsrsrs
Recomendo siiim o livro! LEIAM!!!


LIVRO  versus  FILME




I Am Number Four
EUA , 2011 - 109 min.
Ação / Aventura / Ficção científica
Direção: D.J. Caruso
Roteiro: Alfred Gough, Miles Millar
Elenco:


Alex Pettyfer, Timothy Olyphant, Teresa Palmer, Dianna Agron, Callan McAuliffe, Kevin Durand




Eu acabei assistindo primeiro o filme é só depois li o livro. Eu gostei do filme. Não é um SUPER filme, mas tinha um bom contexto e a história se desenvolveu bem! O filme não fugiu muito dos padrões do livro. Nada fora do 'normal' das adaptações da história. É claro que sempre há algo a se acrescentar e neste caso, eu acrescentaria na batalha final. Apesar de poder contar com as cenas e os efeitos especiais no filme, prefiro muito mais a batalha no livro. Ela é mais real, mais intensa. 

O romance de John e Sarah não é lá essas coisas no filme. Tudo muito doce. Só há uma parte no livro que as coisas esquentam mais um pouco, mas é passageira. Ela é uma garota simples, meiga e que ama John. Eu achei que a Dianna Agron se encaixou bem no papel de Sarah. Assim como Alex Pettyfer ficou potimo no papel de John! (muitogato!!!)


Sei que muita gente também não gostou do filme. Acharam que ele foi mais uma mistura entre tantos filmes de ação que tem por aí. Bem, possa ser que sim. Mas eu costumo avaliar o filme primeiro antes de sair comparando com os outros. E achei que o filme ficou bem centrado na história do livro. E isso foi bem legal! Sem falar que os efeitos especiais arrasaram. 


Você Deve Gostar Disto:

1 comentários

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge