Garotas e livros

#Resenha: Os três Mosqueteiros

Por 00:17 3 comentários

Bom Dia/ Boa Tarde/ Boa Noite!!!

“Um por todos, e todos por um!!” – quem nunca ouviu essa frase? Ou quem já não brincou de ser mosqueteiro?? É... as vezes pegava o guarda-chuva e fica duelando com o amigo ou irmão... rsrsrs
Bem, vamos voltar um pouco à nossa infância.... as historinhas que a nossa mãe contava, ou a TV mesmo..


  Os Três Mosqueteiros
Autor: Alexandre Dumas, Recontada por Silvana Salerno
Editora: DCL 
Ano: 2011
Páginas: 119
"Os três Mosqueteiros narra as aventuras de Atos, Portos e Aramis, os três mosqueteiros , e do jovem D'Artagnan. Junto, os quatro amigos vão enfrentar muitas aventuras e duelos, unidos no lema: Um por todos e todos por um! Neste livro, a premiada autora Silvana Salerno levará você para a França do século XVII. Pegue sua capa e sua espada e boa viagem!"



D’Artagnan parecia um dom-quixote. Eita homi pra gostar de brigar!!  Qualquer coisinha, puxava a espada e duelava! Quando D’Artagnan fez dezoito anos decidiu deixar a aldeia onde nasceu chamada Gasconha(um região da França) para tentar a sorte em Paris. Ele ia ao encontro do capitão dos Mosqueteiros, que era amigo do seu pai... e carregava uma carta deste para o Capitão. Ele montava um cavalo de pelo amarelo, todo desengonçado, mas ainda assim trotava bem. Mas quando chegou em Meung para descansar, um cavalheiro mal-encarado começou a rir do cavalo de D’Artagnan, e claro.. o dom-quixote puxou a espada e foi duelar. Mas o desconhecido estava acompanhado, e D’Artagnan recebeu uma surra daquelas! O estalajadeiro do hotel perto dali, levou o rapaz pra dentro e lhe fez curativos. Um pouco depois o desconhecido foi ver como D’Artagnan estava, e o estalajadeiro disse que ele estava bem, e que tinha no casaco uma carta ao Senhor de Tréville, este nome causou impacto no cavalheiro. No outro dia, percebeu D’Artagnan que sua carta tinha sumido, junto com o cavalheiro. Quando soube que a carta foi roubada, ficou muito furioso, mas mesmo assim continuou sua viagem, ao encontro do Capitão dos Mosqueteiros, o Senhor de Tréville.
 Tréville tinha chegado à Paris assim como D’Artagnan: quase sem dinheiro, mas cheio de coragem e inteligência. Ele trabalhava para Luis XIII, filho de Henrique IV. Tréville se destacara muito. Era leal e prestativo, e fora nomeado capitão dos mosqueteiros do rei. Quando o Cardeal Richelieu viu a guarda que o rei tinha criado, quis também ter a sua. E logo se tornaram rivais. Cada uma querendo ser melhor que a outra.
Quando D’Artagnan chega a Regimento dos Mosqueteiros, logo se mostrou corajoso,mas como não tinha lugar no Regimento. o rei o colocou na Guarda Real. E logo fez amizade com os três mosqueteiros-  os que mais se destacavam ali: Atos, Portos e Aramis. Apesar de D'Artagnan servir na Guarda Real, sempre que possível fazia companhia aos outros quando eles estavam em serviço.
    Até que um dia a camareira da rainha foi raptada. E o marido dela chama D'Artagnan para encontrá-la. Ao que tudo indica, quem está por trás de tudo isso é o Cardeal, que deseja acabar com a reputação da rainha perante o rei, afirmando que ela tem um caso com o Duque de Buckingham. E a partir daí, vários conflitos surgem, colocando os quatro amigos lutarem juntos para a honra da rainha. 

                                                                     ♫♫♫

Uma coisa que gostei do livro é que ele tem gravuras! rsrsrs (tá eu sei que é mais pra livro infantil, mas e daí? Eu gosto!) Bom... realmente a recomendação é pra crianças, apesar de que a maioria, creio eu, não ia gostar do tipo de escrita. Na minha percepção não é o tipo de escrita que prende a pessoa, minha prima de dez anos mesmo não passou das primeiras folhas. Mas fui até o fim,e gosto do modo como as palavras foram elaboradas. Outro ponto positivo é a Amizade. E como cada um luta em favor do outro. E a bravura de D'Artagnan! Que homem corajoso! Devemos pegar este exemplo e colocar em nossa vida... Claro que não é sair por aí lutando com quem aparecer no caminho, mas sim lutar contra as barreiras e os obstáculos que aparecem em nossas vidas, aquelas que impedem a nossa felicidade, e saber também que não conseguiremos sozinhos... Então, não esqueçam: UM POR TODOS E TODOS POR UM !!

É isso aew, espero que tenham gostado ^^

Por: Gabbe B.

Você Deve Gostar Disto:

3 comentários

  1. Muito foda essa história kk vou comprar o livro depois

    ResponderExcluir
  2. ingrasado o livro que eu li era diferente, mas esse tambem é legal...

    ResponderExcluir
  3. boum...adorei voltar a infancia rsrs...

    ResponderExcluir

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge