Garotas e livros

Amante Consagrado - J.R. Ward

Por 16:01 6 comentários



Amante Consagrado

Autora: J. R. Ward
Editora: Universo dos Livros
Ano: 2011
Páginas: 548


"Parceiro, as vezes você me irrita, a voz sombria em sua cabeça falou lentamente. É verdade. Depois de tudo o que passamos juntos?"


O que dizer desta resenha? Bem, acho que sairá legal. Apesar deste ser o livro que menos gostei até o momento.

Aviso logo: Esta resenha contém spoiler!!! Não curto isso, mas este é o sexto livro da série sem fim, então é meio que impossível eu não revelar algo. Mas vou ser discreta e omitir os mais 'pesados', vamos assim dizer.

Phury, irmão gêmeo de Zsadist (Amante Desperto), é um cara um problemático. Talvez essa não seja a palavra certa. Mas enfim. Ele, celibatário por opção, adora a fumaça vermelha (que é tipo um cigarro, ao meu ver, um pouco mais forte, mas não chega a ser tão pesado quanto outras drogas, porém é viciante) e agora ele é o Primaz - o macho responsável por manter a linhagem da Irmandade, concebendo filhos com as Escolhidas, que são quarenta, no total. Como sua vida já estava um lixo mesmo, ele se sacrificou a este cargo, que era de outro irmão. Mas Phury não estava pronto para ele. Assim como a Primeira Escolhida designada a ele. Então ele a leva do Santuário - Lar sagrado da Virgem Escriba e Escolhidas - para o Outro Mundo (o mundo real). Alguns meses se passam mas nada de chegarem ao finalmente.

O romance neste livro é muito chato. Sinceramente? Phury é paranoico e Cormia, a Primeira Escolhida que foi designada a ele por obrigação, é chatinha e lerda. Entendo que ela nunca pisou no 'mundo real' e tudo pra ela é diferente e tal. Mas tem como não querer um Irmão gostosão? Ah, fala sério! rs Até que o tempo se passa e ela passa a desejar o amor dele.
Phury é um viciado que fala com um Mago interior. Um ser que só existe em sua mente, devido há séculos de uso da fumaça vermelha. O cara só vive chapado. Por qualquer motivo, ele tem que acender a droga do cigarro. Os dois não mantém muito contato até que começa o vai-não-vai entre eles e, apesar da coisa as vezes esquentarem um pouco, tudo fica meio brochante.

O que salvou o livro foi a nova 'jogada' dos redutores. Lembram deles, certo? Os caras maus da história que cheiram a talco de bebê (vai entender...). Agora, eles tem um trunfo na manga. Algo que os vampiros jamais imaginariam ser possível e que destruirá o equilíbrio da sociedade vampírica. As famílias da glymera (Alta classe) estão ameaçadas e sofrem ataques inesperados. Eu simplesmente amei essa ideia da Ward. Simplesmente vai dar uma Up na Sociedade Redutora e trazer muito mais ação às estórias. Porque se tem uma coisa que este livro está cheio, é de ação! *amo*

Outro detalhe que começa neste livro é a relação Qhuinn-Blay. Sim, a relação homo-afetiva presente na estória. Neste livro só vemos o começo, mas eles terão um livro próprio. Outro personagem que vemos muito é John Matthew, o garoto mudo que agora é um guerreiro e que eu amo! Todo mundo tem um segredo, mas o dele não é fácil de se falar e impossível de esquecer. Mas John é forte e apesar de tudo pelo que ele passa, ele tem Qhuinn e Blay, seus amigos inseparáveis.

Ah! Informo logo que um presente será dado à Irmandade. Algo que eles perderam há um tempo. E para completar a mistura de seres à série, além dos vampiros, redutores e Symphatos, conhecemos também os Mouros e um Anjo caído (sobre eles, saberemos mais no próximo livro). Mas de Anjo caído eu gosto, então vamos torcer pra sair algo bom/mau disso. hehe
Como eu já soltei muito spoiler por hoje, eu fico por aqui. Lembrando que o que salvou este livro foi o novo redutor. O novo Filho das Trevas. Aaaahhh, sociedade redutora. Agora vocês começam a trabalhar! hahaha *Obrigada, Ward, por começar a melhorar esses inimigos!*



Você Deve Gostar Disto:

6 comentários

  1. Não gosto da leitura de vampiros, apesar de achar os novos sanguessugas muito mais divertidos e bonitos... Sempre tive medo deles, rsrs.

    ResponderExcluir
  2. Eu preciso ler os livros dessa série. Só li o primeiro.

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Essa temática não me interessa...

    Livros sobre vampiros tem aos montes heim, rsrs

    ResponderExcluir
  4. Li a resenha apesar dos spoilers porque não me interesso nem um pouco por essa série. Claro que grande parte eu não entendi! rs... E realmente não mudei de opinião, tenho muitos livros que acho que vão me agradar e quero ler, então não daria nenhuma chance a IAN.

    ResponderExcluir
  5. Acompanho essa série desde antes dela ser lançada aqui no Brasil e assim como você, este é o livro que eu menos gosto. Confesso até que pulei alguns trechos porque estavam chatos demais para o meu gosto. Mas como já faz algum tempo que eu li, não posso ao menos tecer comentários que vão além da minha decepção com este livro, por receio de estar falando coisas inexistentes.

    Todavia, eu não poderia deixar passar a oportunidade de declarar que meu livro predileto de toda a série é Amante Revelado. O motivo é um só: Butch. rsrsrsrs

    Beijos!

    Isabelle.
    --
    http://www.blogmundodoslivros.com/

    ResponderExcluir
  6. Não li nenhum livro da serie ainda mais todos falam super bem dos livros, as capas são lindas já li varias resenhas e adorei todas só faltou tempo para poder ler os livros!

    xoxo

    ResponderExcluir

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge