Garotas e livros

Resenha # Feios_ WESTERFELD, Scott

Por 23:11 8 comentários

Alô Galera!

O que é beleza afinal? É o tema que grita através dessa série. Acredito que se todas as pessoas lessem esse livro, pensaria duas vezes antes de dizer se uma pessoa é bonita ou não. Aqui vai uma história que há tempos estava afim de ler, e agora tô na correria pra conseguir o restante dos livros! '-'



  Feios

Autor: Scott Westerfeld

Editora: Galera Record

Páginas: 414

Ano: 2010







      Tally é uma feia. É como são chamados aqueles que ainda não fizeram a maravilhosa cirurgia que deixa as pessoas perfeitas. Sim claro, porque de acordo com a Biologia, quem era perfeito eram aqueles com dentes brancos e alinhados, o rosto todo em simetria, lábios grossos ... e etc. Tally está ansiosíssima pra fazer 16 anos. Já que é a idade em que eles fazem a cirurgia. E ela sairia de Vila Feia - onde ficam todos os feios, a partir dos 12 anos- e iria para a Nova Perfeição- onde os perfeitos moravam. Destacando que os jovens perfeitos, não faziam nada, a não ser se divertir. Festa todo dia. Peris, amigo de Tally, acabou de se tornar um. E agora faltava três meses para ela ir também. Acontece que, nesse período de tempo, Tally faz uma nova amizade. Shay. Uma garota que gosta de façanhas como ela. E criam um laço forte. E pra completar, as duas fazem aniversário no mesmo dia. Ou seja, as duas se tornariam perfeitas juntas... Tally não via a hora de se tornar uma perfeita, mas Shay, ao passo de que ia chegando o dia, ficava mais indecisa. Tally não entendia quando a amiga dizia que não importava com a aparência dela. Que ela não se achava feia assim... Era loucura. Quem iria querer ficar feia? E foi aí que ela lhe disse sobre Fumaça. Um lugar onde os feios que não quisessem fazer cirurgia, se refugiavam lá. Como a cirurgia é obrigatória, eles vivam escondidos, muitos nem acreditam que a Fumaça realmente existisse. Shay estava decidida a ir, e queria que Tally fosse junto. Mas ela, claro, recusou. Queria se tornar perfeita. Queria morar em Nova Perfeição, se divertir todos os dias, estar perto de pessoas lindas, sem se preocupar com nada. Shay parte uma semana antes do dia, e deixa para Tally indicações onde seria Fumaça, caso ela mudasse de idéia.

        Quando chegou seu aniversário, Tally ao mesmo tempo que estava feliz, estava péssima por causa de Shay. Um carro a levou para fazer a cirurgia. Até que dizem que ela não pode fazer essa cirurgia até que traga Shay de volta ( claro, que foi com mais emoção do que tô relatando, kkkk). Na verdade, quem a subjugou foi as Circunstancias Especiais. Um tipo de serviço secreto do perfeitos, que estão há anos tentando descobrir onde se encontra a Fumaça, e cabe a Tally seguir as orientações de Shay (que só ela pode entender) pra chegar na Fumaça, e trair sua amiga, como espiã. Caso contrário, ela nunca se tornaria perfeita. E ao desenrolar da história, ela percebe que: ser perfeita, era perfeito demais pra ser verdade.

***

      Sabe, gostei muito! Tô curtindo a série. Bem, falta ler ainda os outros, quando eu puder comprar! :\
A escrita de Scott é bem legal e tal. É juvenil, o que em geral, a leitura é bem dinâmica e rápida. Depois que termino o livro, fui tendo uma visão mais crítica dele. E claro, após ver outras resenhas...e é sempre bom lê-las, sempre tem algo que você deixa passar despercebido na emoção da leitura. Achei o livro bom. Muita gente acha que poderia ser melhor. É, pode até ser. Acontece é que, geralmente, estamos fadados a comparar um livro com outros. Principalmente este que é uma distopia. Só que, devemos entender que mesmo sendo uma distopia, cada autor é diferente. E acho que Feios, além da cidade pós-apocalíptica, não imita outros livros. A temática que ele traz, ou seja, as entrelinhas, EU não vi ainda em outra distopia. Falando nisso, pra quem achou o livro ruim, é porque não entendeu a mensagem que ele quis passar. Você pode até falar mal do personagem, das sequencias, seja lá o que for, mas a mensagem foi fundamental pra que eu afirme que ele é realmente BOM.

    Falando em personagens, vi comentários de umas pessoas que tipo, não gostaram tanto de Tally. Diziam que ela não tinha nada de especial que a marcasse. Que era comum. Pois eu achei isso perfeito. Porque sempre tem que ser alguém, que tem, sei lá, uma personalidade muito forte, ou que se destaque muito para ser a protagonista? Tally é uma adolescente comum, que de início tinha uma mente tão fechada quanto qualquer outro ali que quisesse também ser perfeito. Até que as experiências que ela vive, a fazem ficar madura. Simples assim, como na vida é.
Shay, também pode-se dizer que é do mesmo jeitinho, só que um pouco mais impulsiva nos seus atos.
Tem o David também, que a melhor palavra que combina com ele é Segurança.
Peris, o amigo perfeito de Tally... que nesse livro, não o conhecemos bem, já que quando alguém se torna perfeito, ficam...bem, um pouco diferentes.

   Como falei no início, a mensagem que ele aborda é sobre beleza, julgar pela aparência, coisas do gênero... Ele coloca uma frase bem interessante no livro que diz assim:

“A beleza é a cabeça da Medusa, que homens armados tentam cortar. Quanto mais morta, mais mortal a musa, que morta atormenta sem nunca parar.” 

Enfim, tem taaanta coisa ainda pra contar. Mas já chega. Senão, não tem graça mais de vocês lerem :D

Leiam, e divirtam-se! Qualquer coisa, comentem aí (:












Você Deve Gostar Disto:

8 comentários

  1. Aew maninha, caprichou na resenha. Imensa! hahahaha
    Mas apesar do sono e da vista já estar embaçando aqui, captei sua mensagem. Acho que é tipo um livro "abre-olhos" pra muita gente, né? Embora não sejam todos que tem sensibilidade para realmente enxergar uma ou outra mensagem passada na história.
    Espero poder lê-lo um dia. Quem sabe...
    Quando minha lista infinita de prioridades diminuir... heheheh
    ;)

    ResponderExcluir
  2. sabe aquele negocio de comprar o livro pela capa?!
    entao, eu nunca nem me interessei pela resenha so por causa da capa, e dos titulos! simplismente me parecia livro de autoajuda..
    no dia que venci meu preconceito e resolvi ler a sinopse eu me apaixoneii, e ja estou louca para poder ler Feios =))

    Beeijinho. Dreeh
    Livros e tudo o que há de bom

    ResponderExcluir
  3. Ola! Gostei do seu blog muito bom,
    Já estou seguindo e curtindo, passa no meu Blog,
    Segui e curte também, e deixa sua seu comentário sobre o que achou.
    Beijos!
    http://euqueronaminhaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. curti demais sua resenha,
    achei toda explicadinha gostei muito,
    fiquei com muita vontade de ler ele!

    ResponderExcluir
  5. essa série e muito bom, sem noção , fiquei super
    envolvida!
    gostei demais das capas!

    ResponderExcluir
  6. achei bem legala resenha, esse é um livro otimo!!

    ResponderExcluir
  7. Ser estou muito curiosa pra ler os livros deste autor, ele tem um enredo e uma criatividade otima em seus livros, apesar de ainda nao ser simpatica com as capas.

    ResponderExcluir
  8. Acho que a Tally tinha q ser comum, senão já seria Perfeita mesmo sendo uma Feia. Que horrível essa divisão, e se pensarmos mesmo de forma discreta fazemos a mesma divisão na nossa cabeça, algumas vezes. É a primeira resenha que leio.do livro e estou bem curiosa para lê-lo. Gostei muito da resenha!!!

    ResponderExcluir

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge