Garotas e livros

A Cidade Sombria - Catherine Fisher

Por 07:00 12 comentários

Recebi a prova do livro A Cidade Sombria - Editora Bertrand -  na semana passada e acabei embarcando em uma aventura fantástica. Catherine Fisher te apresenta um mundo diferente, misterioso e ao mesmo tempo tão parecido com o nosso. Mas seus habitantes são o que te surpreende. Nem imaginava que esse livro iria chegar por aqui. E foi uma surpresa muito bem vinda.

Título original: The Dark City
 O Mestre das Relíquias

Autora: Catherine Fisher
Editora: Bertrand Brasil
Ano: 2013
Páginas: 336

"Então até mesmo a escuridão tem sua utilidade. Essa é uma ideia que deveria constar na sua Litania."
A única esperança para Anara, um mundo às portas da total devastação, reside em um mestre, seu aprendiz e nas antigas e ilegais relíquias com poderes misteriosos que eles colecionam. Ao saírem à procura de uma relíquia secreta com grande poder escondida há séculos, Raffi e Galen serão caçados, espionados e testados além dos seus limites, pois existem monstros — alguns deles humanos, outros não — que também desejam o poder desta relíquia até consegui-la.

Há quem goste de histórias com magia, há quem não curta. Eu amo. Imaginar a mágica através de linhas escritas é delicioso. E não foi diferente nesta obra. Conhecemos um mundo chamado Anara. Um mundo habitado por diferentes povos. Galen Harn é um dos poucos Guardiões que sobraram. Ele e seu discípulo, Raffael Morel, são Mestres das Relíquias, da antiga Ordem de Guardiões, que há muito foram dizimados. Galen e Raffi vivem pelo mundo atrás das relíquias, objetos que detém poder e que foram feitos pelos Criadores. Eles guardam esses objetos para preservar aquilo que os Criadores deixaram e para que não caiam nas mãos dos Vigias, os povos que caçam os que restaram dos guardiões. Os guardiões são nômades, vivem vigiando e se escondendo para não serem pegos. Possuem um terceiro olho e é através deles que podem fazer grande parte de sua magia.

"Alguns membros da Ordem tinham grandes habilidades, menino. Eles conheciam as relíquias mais poderosas... lidavam com elas diariamente. Parte do poder dos Criadores fora passado para eles. Sabiam coisas estranhas... coisas que jamais haviam sido escritas, talvez até os segredos dos próprios Criadores."

Todo guardião tem poder. É capaz de fazer contato com a natureza, controlar o tempo e fazer muitas outras coisas. Mas Galen acabou perdendo os seus, o que tem acabado com ele aos poucos. Na sua jornada, Raffi, seu pupilo, é quem o guia e orienta sobre os perigos do percurso. Um jovem aprendiz que tem que aguentar todo o mau humor de Galen, observar os sons da floresta e ainda criar linhas de proteção em torno deles (é tipo um escudo mental de várias camadas, daí quando uma pessoa passa por uma delas, ela se rompe e ele sabe o quão perto estão deles). Com tudo isso, ele acaba não percebendo que está sendo seguido. Carys, uma jovem Vigia espiã que tem a missão de captura-los. Em sua jornada, ladrões, Vigias e Sekois estão no seu caminho. Os Sekois são seres grandes, peludos, astutos, que encantam contando suas histórias e roubam ouro. São gananciosos por ouro! Eles estavam em Anara antes mesmo dos criadores chegarem.


O destino de Galen é Tasceron, a cidade dos Criadores que hoje em dia existe na mais profunda escuridão. Um local extremamente perigoso, mas é lá que Galen acha que encontrará o maior poder para sua ajuda e para o mundo. Se a jornada deles já estava perigosa antes, agora só piora. E por mais que eu continue escrevendo não vou consegui falar de todos sem deixar alguma perda. Se você for olhar as resenhas por aí, todas elas são tão explicativas, mas mesmo assim não conseguirmos transmitir tudo com fidelidade. O livro tem um ritmo próprio e constante. A jornada deles é cheia de perigos, medos e receios. Ela nos mostrou um Galen tão humano, que é impossível não se apegar a ele. Raffi é um dos personagens que mais quero ver crescer, assim como Carys, que começa a perceber que sua vida era rodeada de mentiras e passa a questionar até que ponto as verdades e as inverdades foram colocadas nela.



Os detalhes desse mundo criado pela autora nos encanta e nos assusta. A magia, a luta, a fé e a esperança fazem parte desta história que prende o leitor até a última página, deixando uma vontade enorme pela continuação. Catherine, através de uma narrativa fluida, nos conduz nesta jornada em busca da verdade e da possível salvação que só os Criadores são capazes de fornecer. Preciso aqui destacar o quanto amei cada início de capítulo. A autora sempre coloca um poema, um verso, uma profecia ou um relato, de tal forma que nos envolve com o ar de mistério que cerca a história. Eu adorei a capa, mas principalmente a diagramação. A editora fez uma obra de arte em cada capítulo e eu tô louca para ver como vai ficar o livro físico! A edição está impecável. Me apaixonei!




Você Deve Gostar Disto:

12 comentários

  1. Oí meu anjo, nao conheço a autora nem o libro mas gostei muito da usa reseña. Beijos

    ResponderExcluir
  2. ai meu deus que livro é esse, fiquei aqui de quiexo caido , parece ser incrivel... amei essa capa

    ResponderExcluir
  3. Oii, bem eu não gostei muito da capa, apesar de ter adorado a escolha de cores.
    Do jeito que você explicou até que parece bem interessante. Gostei da ironia do aprendiz acabar guiando o mestre. hahaha. Essa Carys peo visto vai virar a casaca. =)
    Gostei muito da resenha, mas não sei ao certo se embarcaria nesta aventura. o.Õ

    ResponderExcluir
  4. Pela capa o livro já me conquistou. Depois de ler sua resenha então... Acho que vou ter que arrumar tempo e dinheiro pra ler esse livro. Mais adorei conhecê-lo. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nenhum livro que envolvesse magia. Porém eu amo quando no início de capítulo o autor(a) coloca um poema ou algo que se aproxime da história, pois esse pequeno trecho faz com que a história ocorra com mais fluidez, deixando a leitura mais prazerosa. Portanto se eu não gostar de 'A Cidade Sombria', pelo menos gostarei da organização do livro e dos personagens, como Carys e Sekois (que me fez lembrar do Abominável Homem das Neves).

    ResponderExcluir
  6. Também amo magia!!!
    Fiquei muito curiosa com esse lindo e novo universo!! Só não gosto da capa desse livro....

    ResponderExcluir
  7. Não é o estilo que costumo ler.
    Essa capa é bem sinistra, :\

    ResponderExcluir
  8. Adorei sua resenha, fiquei muito curiosa para ler esse livro.
    http://leitoracompulsivabylianeh.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Adorei sua resenha, fiquei muito curiosa para ler esse livro.
    http://leitoracompulsivabylianeh.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Adorei sua resenha, fiquei muito curiosa para ler esse livro.
    http://leitoracompulsivabylianeh.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Tem uma outra série dessa autora que eu estou louco para ler: Incarceron. Confesso que me chamou mais atenção que "A Cidade Sombria". A capa não é muito atrativa, achei super colorida para um livro que tem "Sombria" no título.

    ResponderExcluir

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge