Garotas e livros

Os anjos navegam na Internet - José Teles

Por 17:56 4 comentários

Sinopse: "João, o personagem principal dessa história, conhece Branca, por quem se apaixona (logo ele, que não acreditava no amor!), sofre um acidente (acidente mesmo?) nessa mesma ocasião e fica hemiplégico.

Após dois anos se reencontram e, entre papos virtuais pela internet, vernissagens e botecos, a trama se desenrolar cheia de suspense e crimes."

João conhece Cecília (da qual é muito pálida e ele apelida de Branca) num barzinho onde costuma frequentar. Sente-se atraído por ela na primeira visão que tem de seus olhos, porém João - como muitos por aí - não acredita no amor. Conversam por um bom tempo, bebem e trocam números - da qual João se esquece na saída. Até trocam um beijo na despedida, mas depois que ele a perde de vista acontece um acidente e o nosso protagonista vai ter que ficar o tempo todo sentado na cadeira de rodas.
Dois anos depois ele recebe um telefonema do Anjo Branco que conheceu no mesmo dia do acidente (Cecília, ou Lili *u*), mas ele logo dá um fora nela por causa do seu estado atual. Ficar numa cadeira de rodas atrai muitos olhares incômodos, e ele não queria que Branca o olhasse da mesma maneira. Mas Branca não desiste e liga para ele todos os dias.
Marlene, melhor amiga de João lhe mostra um pouco do mundo moderno; a nova maneira de conhecer as pessoas sem precisar andar por aí, nem receber olhares estranhos: virtualmente. Cria para ele uma conta num chat virtual e ele conhece vários tipos de pessoas diferentes, inclusive Branca. E, para completas, existe um Virtual Killer circulando pela internet, cujo alvo são pessoas ricas e solitárias.
Mas, cara, no final é quem você menos espera! Apesar que é sempre assim. De qualquer forma, cuidado com seus amigos que vocês conhecem pela internet. Ele pode ser um Virtual Killer querendo te matar u.u Então... é isso aí. Se quiserem saber mais, leiam u-u




Você Deve Gostar Disto:

4 comentários

  1. Oi Lillian, até gostei da resenha, mas essa capa é tão sem graça...
    Acredito que seja uma boa leitura e um ótimo aviso sobre em quem confiamos via internet.
    Acho engraçado quando o apelido não tá relacionado com o nome, complica identificar. hahaha. A garota gostou mesmo dele, para insistir tanto. =)
    Gostei da dica.

    ResponderExcluir
  2. Hei Lily!
    Virtual killer? Massa! hahaaha Não no sentido bom da pessoa, claro. Mas no bom livro que este pode ser com um tema tão interessante. Gostei bastante da proposta do livro, mas assim como a xará aí em cima falou, a capa é sem graça.
    Lógico que não devemos julgar um livro pela capa, mas ela é a primeira coisa que te atrai em uma leitura. u_u haha
    Enfim, quero ler! :q

    ResponderExcluir
  3. Haha! Essa capa é mesmo sem graça, mas a da segunda edição é mais interessante :d

    ResponderExcluir
  4. Gostaria de comprar o livro, vc tem? pode ser digital...

    ResponderExcluir

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge