Garotas e livros

Boneco de neve - Jo Nesbo

Por 13:38 5 comentários

- Eu vi ele.
- Como assim?
- O boneco de neve...
- E como era esse boneco de neve?
- Nós vamos morrer.

No dia da primeira neve do ano, na fria cidade de Oslo, o inspetor Harry Hole se depara com um psicopata cruel, que cria suas próprias regras; O terror se espalha pela cidade, pois um boneco de neve no jardim pode ser um aviso de que haverá uma próxima vítima. No caso mais desafiador da sua carreira, Hole se envolve em uma trama complexa e mortal, com final surpreendente.                                                                                                                Título: Snomannen                                                                     Autor: Jo Nesbo                                       Editora: Record 





Assim que soube do lançamento do livro me interessei. Não que eu conhecesse o autor, mas a sinopse do thriller me convidou a embarcar nesta história incrível. E não me arrependi.
Quem me conhece sabe que meu gênero favorito é thriller policial. Amo outros gêneros também, mas acho que como este foi o primeiro gênero no qual embarquei, é com ele que me identifico mais.

Boneco de neve é uma história sobre serial killer, assassinatos cruéis e macabros e uma investigação interminável. Não vou dizer que ele é totalmente assustador, mas tem cenas de mortes que, mesmo descritas, nos chocam. Um assassinato e um desaparecimento levam o investigador Harry Hole a pesquisar mais fundo e descobrir que eles tem o mesmo padrão que de vários anteriores, onde muitos corpos jamais foram encontrados. O investigador é colocado na trilha que talvez levará ao assassino e a um jogo onde ele é a peça chave, mas são tantas reviravoltas no decorrer do livro que você se desespera.

- Sinceramente, não estou entendendo nada.
- Tente - disse Harry - Esquça tudo o que você acreditava saber e tente.
- Está bem, mas o que está acontecendo?
- Existem duas respostas para essa pergunta - disse Harry. - Uma é que estamos apertando o cerco do Boneco de Neve.
- E a outra?
- Não faço ideia.

Quando algo aponta para um sujeito, outras informações aparecem e tudo volta para o zero. O enredo se passa na Noruega, em época de violento inverno onde a neve é o marco do assassino. Ele sempre deixa um boneco de neve próximo a casa da vítima. E as vezes esses bonecos tem um toque pessoal com a pessoa assassinada. Mesmo quando ele descobre a linha de raciocínio do autointitulado Boneco de Neve, chegar até ele não é tão simples como parece. Mudei de opinião sobre quem era o serial umas três vezes, e somente lá no fim do livro que ele é revelado e você fica extremamente chocado com a frieza e crueldade que um ser (não acredito que haja humanidade em pessoas assim) é capaz de impor nas pessoas e por motivo que nada lhe diz respeito.

"O mal não é uma coisa, o mal não se incorpora. É o oposto disso, é um vácuo, é a ausência do bem. A única coisa a temer aqui é você mesmo."

Foi assim que passei os últimos dias, neste misto de curiosidade, expectativa e excitação para que tudo fosse descoberto e o caso tivesse uma solução. E eu gostei do fim. Foi justo, para todas as partes e o autor ainda nos deixa com uma pulga atrás da orelha, revivendo uma cena do livro ou apenas criando uma próxima história. 
Super gostei! Este foi o primeiro thriller do autor e eu não vejo a hora de ler o próximo! :)


Você Deve Gostar Disto:

5 comentários

  1. Também curto um bom thriller e Boneco de Neve me chamou a atenção desde que o lançamento. Gostei de saber que há reviravoltas e mortes chocantes (adoro!). Não tenho planos de ler o livro tão logo, mas é um dos que, surgindo a oportunidade, leria sem pensar duas vezes.

    Um beijo, Livro Lab

    ResponderExcluir
  2. Eu tbm adoro esse genero de leitura e estou super curiosa para ler este livro, já li umas resenhas falando bem e depois da sua quero mais ainda ler.

    Beijos
    http://livrosecafelatte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Danniiii!!!
    Confesso que só aquele quote ali em cima me deixou toda arrepiada e maluca de vontade para ler. hahaha, sou louca.
    Eu amooo livros policiais, e seriais killer na literatura são bons de acompanhar!!!
    Curiosa sobre a identidade do assassino e também sobre os detalhes que ele deixa como pista.
    Adorei a resenha.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Fico feliz que tenha gostado, já tinha ouvido falar deste livro, inclusive a colunista lá do blog o tem, e está lendo. Espero futuramente ter oportunidade de ler não só esses, mas muitos livros do Jo Nesbo, ele parece um bom autor de suspenses e ação. Até mais.
    http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Cara! Deu uma vontade de ler esse livro *--*

    ResponderExcluir

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge