Garotas e livros

Teardrop - Lágrima / Lauren Kate

Por 16:11 6 comentários

"NUNCA, JAMAIS VOLTE A CHORAR."


“Nunca, jamais volte a chorar”, é a frase que impactou a vida de Eureka, uma menina marcada pela morte da mãe. Mas tudo se transforma quando encontra Ander. Louro, alto e de pele muito branca, o misterioso garoto parece conhecer tudo sobre ela, até coisas que não deveria saber, inclusive que em pouco tempo a menina terá reais motivos para chorar. Mas há um sombrio segredo que ainda será revelado: a história de uma menina que teve o coração partido e, de tanto chorar, deixou debaixo d’água um continente inteiro.



- Depois que passar a prova da federal, leia logo esse livro - minha querida irmã Danni me intimou, com cara de mau (haha). Sua justificativa era de que eu leria Lauren Kate, já que ela não foi tão feliz assim com a série Fallen, e eu gostei. É, não foi tão de acordo com minhas expectativas, mas não achei ruim (ainda nem terminei a série). Maaaas, vamos falar agora de Teardrop...

     Pra começar, li ele rápido. Gosto do jeito que Kate escreve, a leitura flui. O livro nos conta a história de Eureka ( gente, eu ri com esse nome rs), uma garota que vem sofrendo decepções e perdas uma atrás da outra. Primeiro, seus pais se divorciam. Depois perde sua mãe, Diana, a quem tinha uma devoção enorme. Na verdade, quem deveria morrer mesmo era Eureka. As duas estavam no carro, passando por uma ponte, quando uma imensa onda as engole. Essa onda foi feita pelos Semeadores - intendentes da humanidade, preveniam o apocalipse. E eles acreditavam que Eureka seria responsável por um possível apocalipse, então tinham que matá-la logo.

    Mas, tinha o Ander. Sempre tem o cara gato da história. Ander, sabia tudo sobre ela. A observava antes de ele ou ela saberem falar. Os Semeadores o obrigaram a isso. Mas Ander acabou se apaixonando por Eureka. Então, ao invés de fazer sua missão de certificar que a onda as tinham matado - ou até terminar o trabalho, se fosse preciso- Ander conseguiu salvar Eureka, mas Diana não foi possível.

    Com a morte da sua mãe, Eureka fica muito mal. Não é a mesma garota divertida que antes, e começa a passar muito tempo em terapias, principalmente depois de tentar suicídio. Passa a morar com seu pai, sua madrasta e seus meio-irmãos gêmeos. Seus amigos se resumem a Cat e Brooks. Cat, é a amiga louca, e Brooks seu amigo desde a mamadeira. Um dos ditados da vida é que se a situação está ruim só tem a piorar. Ander finalmente aparece para ela (não, essa não é a parte ruim). Mas suas aparições repentinas começam a deixar Eureka confusa com aquele garoto que faz o coração dela saltitar. E aí ele diz que ela corre perigo. E ainda pra ter cuidado com Brooks. Tá, era bem verdade que Brooks andava muito estranho. Mas, correr perigo? E pra tudo ficar sem sentido mesmo, Eureka recebe três coisas do testamento da mãe: Um aerólito ( uma espécie de meteorito), o medalhão que ela usava e um livro com uma língua arcaica. E é esse livro que vai fazê-la entender aos poucos que as coisas estranhas que estavam acontecendo estavam interligadas. Como também estavam ligadas à lenda da qual o livro falava: a história de uma menina que teve o coração partido e chorou tanto que deixou debaixo d'água um continente inteiro. Porque isso teria a ver com Eureka?

    " Ela sentou Eureka na antiga cama do baldaquino e a segurou rudemente pelos ombros. Uma intensidade selvagem enchia seus olhos. Eureka fungou.
- Estou com medo.
Diana olhou a filha como se não soubesse quem ela era. Depois a palma da sua mão voou para trás e ela bateu em Eureka, com força. Eureka paralisou no meio do gemido, pasma demais para se mexer ou respirar. Toda a casa parecia reverberar, ecoando o tapa. Diana se curvou para mais perto. Seus olhos se cravaram nos da filha. Ela falou no tom mais grave que Eureka ouviu na vida:
- Nunca, jamais volte a chorar."



  Quando começam a aparecer umas pessoas brancas de olhos azuis, tentando matá-la, e Ander a protegendo, ela percebe que não só ela está em risco, mas todos que estão ao seu redor.  
Pra falar a verdade, não curti muito o final não, foi meio sem noção pra mim. Mas aí lembrei que era uma série.. talvez a noção aparece no segundo livro. Enfim, o livro é legal. Gostei dos personagens, apesar de que só acho que Ander deveria aparecer mais.. Ficava agoniada, dando uma olhada nas páginas seguintes pra ver se ele aparecia ( quem nunca fez isso?). Recomendo até pra quem não gostou de Fallen, dá uma chance pra Teardrop!  Bem, é isso. Eu fico aqui roendo as unhas, esperando chegar o bendito do segundo livro, já que ficaram muitas questões a serem respondidas. Leiam, e deem sua opinião também! 

- Você era bem mais fofo antes de começar a falar comigo - gritou ela -, quando era só um cara que bateu no meu carro.
- Acha que eu sou fofo? 
- Não acho mais! - Ela se embolava nos galhos, batendo com ódio em tudo pelo caminho. Cambaleou, cortou o joelho, empurrou.
- Quer uma ajuda?
- Me deixe em paz! Agora e para sempre!
[...] No Silêncio que se seguiu, Ander falou:
- Se eu te deixar em paz, você vai morrer.












Você Deve Gostar Disto:

6 comentários

  1. Oiii Gabbe, essa sua irmã é bem malvadinha, né? hahaha
    Sorte sua que gostou do livro, ser intimada e ler algo ruim seria péssimo.
    Também ri muito quando vi a primeira vez o nome da mocinha. Eureka, aff com tanto nome no mundo.
    Essa capa é linda demais, e amei os quotes que vc escolheu, especialmente o último.
    Já vi que esse é o tipo de livro que eu só poderei ler quando estiver com a série completa em mãos, senão eu piro.
    Adorei a resenha. =)

    Minha Velha estante
    Leitura Nossa de Cada Dia

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha! E, gente, que nome é esse? Alguém avisa a autora que, quando Arquimedes fez sua descoberta, foi legal gritar "Eureka!", mas... Um nome próprio? HAUHAUAAUHUAH Enfim. Escreves muitíssimo bem, Gabbe, sabes disso. Estás melhor a cada dia. Orgulho <3. Fiquei até tentada a ler a série, mesmo não fazendo meu estilo. Tudo culpa sua, haha.
    Beijos, beijos.

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha! Resumiu bem o que pensei, estou seguindo o blog!
    Segue o meu de volta?
    Bjão

    http://balsamodoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oii, tudo bom?
    Eureka! hahaha Muito bom esse nome!
    Eu nunca li Fallen (e nem pretendo ler, na verdade), mas tenho um certo preconceito com essa autora, sei lá porque. Mas essa história parece bem diferente, acho que nunca vi nada igual! Quando sair a continuação, vou ver o que vocês acham e quem sabe dou uma chance para a série, porque pelo que você disse do final, fiquei meio desmotivada, se tem uma coisa que eu não gosto é finais ruins!
    Beijoss
    Thaís - Instinto de Leitura

    ResponderExcluir
  5. Não consegui conclui Fallen, infelizmente, mas o farei e lerei Teardrop com certeza. A maioria das resenhas que li foram positivas. Mas Eureka?? O.o UAHSUAHUSH
    Tá bom, né?

    ResponderExcluir
  6. Já li Fallen e achei a série muito boa, agora vou ler Teardrop, parece ser muito boa também, anda mais se seguir o ritmo de Fallen

    ResponderExcluir

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge