Garotas e livros

O melhor de mim - Nicholas Sparks

Por 14:20 1 comentários

Já faz um tempinho que tinha lido Sparks e caramba... como sentia falta da escrita dele. Aquele tipo de texto que discorre sem perceber. Sim, eu AMO o Sparks e gosto super dos livros dele. Esse foi mais um livro comovente e com um romance lindo, mas nem de longe é o melhor dele para mim. Tô querendo assistir ao filme agora para saber como foi a adaptação. 


Na primavera de 1984, os estudantes Amanda Collier e Dawson Cole se apaixonaram perdidamente. Embora vivessem em mundos muito diferentes, o amor que sentiam um pelo outro parecia forte o bastante para desafiar todas as convenções de Oriental, a pequena cidade em que moravam. Nascido em uma família de criminosos, o solitário Dawson acreditava que seu sentimento por Amanda lhe daria a força necessária para fugir do destino sombrio que parecia traçado para ele. Ela, uma garota bonita e de família tradicional, que sonhava entrar para uma universidade de renome, via no namorado um porto seguro para toda a sua paixão e seu espírito livre. Infelizmente, quando o verão do último ano de escola chegou ao fim, a realidade os separou de maneira cruel e implacável. Vinte e cinco anos depois, eles estão de volta a Oriental para o velório de Tuck Hostetler, o homem que um dia abrigou Dawson, acobertou o namoro do casal e acabou se tornando o melhor amigo dos dois. Seguindo as instruções de cartas deixadas por Tuck, o casal redescobrirá sentimentos sufocados há décadas. Após tanto tempo afastados, Amanda e Dawson irão perceber que não tiveram a vida que esperavam e que nunca conseguiram esquecer o primeiro amor. Um único fim de semana juntos e talvez seus destinos mudem para sempre. Num romance envolvente, Nicholas Sparks mostra toda a sua habilidade de contador de histórias e reafirma que o amor é a força mais poderosa do Universo - e que, quando duas pessoas se amam, nem a distância nem o tempo podem separá-las.

Título original: The best of me
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Ano: 2012
Páginas: 271

"Afinal de contas, o amor sempre diz mais sobre quem o sente do que sobre a pessoa amada."

Um amor que é desperto na adolescência sempre marca. O primeiro amor sempre marca. Tenho certeza de que a maioria lembra qual foi a primeira pessoa pela qual se apaixonou. Mas existe um tipo de amor que fica, e não importa quanto tempo passe, ele não muda. Não apaga, não esvai. É o tipo de amor que consumia Amanda e Dawson. Ele, vindo de uma família problemática, de marginais mesmo, do tipo de gente que vive para arranjar encrenca. Ela, de uma família tradicional, que sempre temia o "lado" dele. Aliás, toda a cidade temia os Cole. Mas Dawson era diferente de todos eles e resolveu se afastar da família que tinha.Conseguiu um emprego e onde dormir na oficina de Tuck, um senhor que já não tinha muitos motivos para se importar com o que quer que fosse. 

"- É sim - disse ela. - As luas de mel sempre acabam."

Quando ele conheceu Amanda na escola, foi amor. E ambos amaram um ao outro, até que a família dela pôs um fim em tudo. Cada um para o seu lado por 20 anos, até que o destino os junta novamente e o amor que nunca deixou de existir. Ambos são maduros, vividos. Amanda construiu uma família, Dawson não. Ele tem passado por momentos confusos e perturbadores. Amanda tem enfrentado dificuldade no casamento e é nesse fundo que o romance ganha corda e se desenvolve. São muitas conversas e muita coisa doce. Gostei muito de Dawson e da personalidade dele, assim como a construção de sua tão mal falada família.

"Ela se deu conta de quanto sentira falta disso. Não das brigas, as da confiança implícita que havia nelas e do perdão que inevitavelmente vinha em seguida. Porque, no fim das contas, eles sempre perdoavam um ao outro."
Além do romance, que geralmente é foco do Sparks, temos uma mistura de suspense quando se trata do Dawson e da família dele. O fim é previsível, exceto por um ponto que eu não vou falar porque é spoiler. E quando queremos apenas nos deixar levar pelo momento, pelas emoções... devemos? Devemos nos permitir mesmo sabendo que isso mudaria todo o nosso futuro? Gostei do desenvolver da obra e o fim, embora previsível com o decorrer dos fatos, foi bom. É uma história envolvente, onde muito mais do que a paixão, nos mostra o que acontece com as escolhas que fazemos e como nosso destino não está sob o nosso controle. É uma obra que nos faz refletir sobre qual tem sido as nossas escolhas e aonde ela nos levará.




Você Deve Gostar Disto:

1 comentários

  1. Oi Danni, sou obrigada a falar que não gosto muito dos livros do Sparks (não queira me matar please), teve uma época que estava louca para conhecer suas obras e acho que me decepcionei um pouco lendo algumas em seguida, pois basicamente o enredo não muda muito, além de achar o ritmo das histórias lento demais. Ao contrário, os filmes baseados em seus romances eu adoro, não sei porque essa contradição, vai entender... o fato é que estou louca para assistir esse filme. Para mim o melhor livro dele que eu li até agora é "O casamento", que retratou um romance diferente, você já leu? se ainda não vale conferir. abs

    www.caprichoseleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge