Garotas e livros

Vermelho como sangue / Trilogia Branca de Neve #01 - Salla Simukka

Por 07:00 3 comentários

Salla Simukka deve ser, no mínimo, fã da Branca de Neve. De contos de fadas, em geral. Esse livro não é uma releitura do conto, mas nossa protagonista leva o nome de Branca de Neve e em vários momentos temos analogias aos contos dos irmãos Grimm. Quando eu soube que esse livro se tratava de um suspense, corri para ele, óbvio. Suspenses são comigo mesmo. Mas o que leva a uma garota de apenas 17 anos se ver em um arriscado e perigoso mundo de crimes, tráfico e corrupção? Como a garota que sempre se mantém afastada de tudo e de todos e vive sua vida sozinha, acaba sendo arrastada para uma cena inimaginável?

No congelante inverno do Ártico, Lumikki Andersson encontra uma incrível quantidade de notas manchadas de vermelho, ainda úmidas, penduradas para secar no laboratório de fotografia da escola. Cédulas respingadas de sangue. Aos 17 anos, Lumikki vive sozinha, longe de seus pais e do passado que deixou para trás. Em uma conceituada escola de arte, ela se concentra nos estudos, alheia aos flashes, à fofoca e às festinhas dominadas pelos garotos e garotas perfeitos. Depois que se envolve sem querer no caso das cédulas sujas de sangue, Lumikki é arrastada por um turbilhão de eventos. Eventos que se mostram cada vez mais ameaçadores quando as provas apontam para policiais corruptos e para um traficante perigoso, conhecido pela brutalidade com que conduz os seus negócios. Lumikki perde o controle sobre o mundo em que vive e descobre que esteve cega diante das forças que a puxavam para o fundo. Ela descobre também que o tempo está se esgotando. Quando o sangue mancha a neve, talvez seja tarde demais para salvar seus amigos. Ou a si mesma.
Título original: As red as blood
Autora: Salla Simukka
Editora: Novo Conceito
Ano: 2014
Páginas: 240

"É inútil implorar por misericórdia. Aqui não é a igreja e você não será perdoado pelos seus pecados."

Lumilli Anderson (Lumikki, que em finlandês significa Branca de Neve) só estava no local errado, na hora errada. Quando dentro da escola vê uma cena comprometedora, ela simplesmente segue os rastros para entender o que viu, mas é descoberta e logo é arrastada para uma história que envolve uma grande quantia de dinheiro achado sujo de sangue e três colegas de escola. Elisa, a filha do policial da narcóticos foi que achou o dinheiro em um saco em na frente de sua casa depois de uma festa regada a bebidas e a drogas. Quando consciente, só queria se livrar disso e achou em Lumikki a pessoa para quem pediria ajuda.

"Algum detalhe fundamental e decisivo, que revelaria a resposta, parecia faltar na imagem em sua cabeça. E não era como se ela fosse algum tipo de Sherlock Holmes que podia dar uma olhada e, depois, reconstruir instantaneamente a intrincada cadeia de eventos que levava a um monte de dinheiro pendurado na câmara escura da escola."

Lumikki é solitária. Mora longe dos pais, longe do seu passado, gosta de sua vida e de ser essa pessoa independente. Gostei muito da construção da personagem, embora ache-a muito dura e sagaz em matéria de espionagem/investigação, para uma guria de apenas 17 anos. Mas a vida não foi sempre boa com ela, então ela teve que aprender a crescer e se defender desde cedo. No decorrer do livro, é notado que seu passado foi doloroso, cruel, e ficamos sem entender de fato o que houve até o final do livro, onde algumas coisas são reveladas. Temos a compreensão do momento em que ela se tornou mais dura, mais fria, até. Fragmentos de sua vida são contados em alguns momentos na história, mas não se tem uma pausa, ou informativo para dizer que é uma lembrança, Essa passagem de tempo ocorre meio que de repente, nada que prejudique a leitura, pois são poucas vezes em que isso acontece.

"Ela tinha de sair da festa antes de o relógio soar a meia-noite. Mas essa não era uma história diferente? Cinderela?
[...]
[...] Ela só queria dormir. Ela teria de se lembrar de perguntar depois. Em algum momento depois. Após ela ter dormido por cem anos. Porém, essa não era uma história diferente? A Bela Adormecida?"
O transcorrer dos fatos é bem rápido, o livro começa no dia 29 de fevereiro, e o decorrer das ações termina em 4 de março. São 5 dias de adrenalina e investigação para desvendar esse mistério e tentar salvar a vida de seus amigos e a dela própria, o que acaba ocorrendo praticamente o livro todo. Todo dia ela tem que salvar a própria pele. A trama foi bem desenvolvida, temos criminosos lendários, poderosos chefes da máfia, corrupção, assassinatos... E Lumikki é arrastada para tudo isso. Mas os passos e ações são um tanto previsíveis. Não tira a mágica do enredo, mas não é "nossa! O Suspense." Entendem? O livro deixa algumas pontas soltas, principalmente da vida dela, de um romance que ela teve e que ainda a machuca, de um passado misterioso, de uma vida bem diferente para uma adolescente. Ela não é uma espiã e não estuda em escola militar. Talvez bem o contrário, estuda em uma escola de artes. Mas ela tem um desejo e uma coragem que a leva a desvendar qualquer mistério que entre em seu caminho e isso deixa cenas bem surreais. Tipo, quem se arriscaria tanto? Ok. É um livro. Mas né? .... kkkkkkkk

"Ela era a peça o quebra-cabeça que não tinha seu próprio lugar, mas poderia de repente preencher quase qualquer buraco que fosse necessário. Ela não era como os outros. Ela era exatamente como os outros."
Enfim, leiam! A leitura flui fácil e o segundo livro promete novas aventuras. Branco como a neve tem lançamento ano que vem! Estou no aguardo!


Você Deve Gostar Disto:

3 comentários

  1. Eu gosto muito de releituras de contos de fadas, por causa das novas formas de se desenvolver uma história já muito conhecida.
    Ainda não conhecia essa trilogia, e ela já está me surpreendendo. Essa abordagem do conto da Branca de Neve é tão original e diferente. Apesar das ressalvas que você escreveu (as quais também acho que irão me incomodar um pouco), o livro parece ser interessante e intenso. Estou ansiosa para lê-lo. Será que toda a trilogia já foi lançada no exterior?

    2surrealistas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Esse foi um dos livros que me chamou atenção nos lançamentos da NC que chegaram. Acredito que irei ler nas férias. :)

    Máh - Storm of Books.

    ResponderExcluir
  3. Achei o trabalho da editora com a divulgação e o kit bem legais, porém não fiquei de "botuca" no livro, ando fugindo de trilogias... mas a questão de uma espiã mirim sempre acende a curiosidade.
    Apenas cinco dias e acontece tudo isso?! Sorte dela não se estender demais.
    Bjs

    ResponderExcluir

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge