Garotas e livros

Um romântico incorrigível - Devan Sipher

Por 13:24 2 comentários

"Era um começo. As vezes, isso é tudo de que precisamos."

Eu precisava ler alguns dos livros que comprei ou troquei há séculos e estava louca para ler este. As férias é justamente para isso, até. Rebuscar na estante aqueles livros que você quer muito ler. Então, levei mais esse na mala. Só foram uns 8, gente, fora os que tem aqui na casa da amiga, então... kkkkkkkkk
Preciso dizer que me apaixonei neste livro? Que eu quero o Gavin pra mim? Só pra mim? Um romântico assim como ele pra fazer dos meus dias mais felizes? É. Eu quero.
Ele é um romântico incorrigível. E também é um romântico profissional, pois escreve uma coluna sobre casamentos para um importante jornal, cobrindo festas espetaculares de costa a costa do país. Mas há uma linha tênue entre ser um repórter bem-sucedido com uma matéria para escrever e ser um cara sozinho num sábado à noite no casamento de um desconhecido. Tudo muda na primeira noite do ano, quando Gavin conhece Melinda, uma jornalista de viagens com um espírito aventureiro. Uma caminhada ao luar em um terraço nova-iorquino é o que basta para Gavin se apaixonar. Mas Melinda vai embora e parece ter desaparecido sem deixar rastros. Gavin inicia então uma jornada por Nova York em busca dessa intrigante mulher. E aprende que há algo pior do que perdê-la: ter que escrever um artigo sobre o casamento dela. Um Romântico Incorrigível é uma extraordinária e esperta comédia romântica sobre um homem em busca do amor verdadeiro.
Um romântico incorrigível
Autor: Devan Sipher
Editora: Verus
Ano: 2012
Páginas: 252


"Eu gostava de ser espontâneo. Só preferia fazer isso com um pouco de moderação."

Me peguei saboreando este livro de maneira incrível. É uma leitura divertida, leve, e que te deixa com um sorriso no rosto quase que o livro todo. É muito engraçado ver a trajetória do Gavin, um jornalista de uma coluna de casamentos, lidar com com a gama de emoções que estão em volta dos casais a todo momento e vê-lo sofrer por estar solteiro. Porque ele quer se casar. Ele quer muito ter alguém para a vida toda. Ter alguém no altar com ele, alguém que divida as mesmas alegrias e tristezas da vida. Ah, esse Gavin! É um fofo de carteirinha!

"Tudo o que eu tinha de fazer era caminhar menos de três metros e dizer a uma completa estranha que eu me sentia atraído por ela, presumindo que estivesse mesmo. Era difícil ter certeza disso sem saber qual era a sua religião, suas visões políticas e seu resultado no vestibular."

Mas e quando você encontra a pessoa certa mas deixa ela escapar? Já se viu nessa situação? Aquela pessoa tão especial, de riso fácil com você, de personalidade que te conquistou, mas que você esqueceu de pedir o telefone, um e-mail. E se perdeu, no meio de milhões de pessoas pelo mundo. Gavin ainda tenta ir atrás dela, afinal, a internet é uma ferramenta poderosa. É aí que começa a sua busca. Ou não. São tantos desencontros na vida dele, tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo que ele percebe que talvez ela não seja a pessoa certa. E quem é então? Podia bem ser eu...

"Eu já tinha ouvido tantos votos de casamento floreados sobre árvores metafóricas, pássaros voando alto e céus ensolarados. Mas Amy estava reconhecendo as trevas. O esforço necessário para, todos os dias, nos arrancar de dentro de nós mesmos. Quem não seria grato de ter alguém para encorajá-lo e esperando por você? Alguém disposto a entrar nas trevas, como Orfeu, e resgatá-lo de si mesmo."

Mas e se encontrá-la não fosse tudo? Se além de encontrá-la, ele tivesse que escrever sobre o seu casamento? Sacanagem, não? Bem, ser um colunista sobre casamentos dá nisso. São centenas de pessoas querendo ver suas histórias de amor em um jornal. E com o noivo de Melinda não é diferente. Ele quer que as pessoas leiam a sua história de amor. Mas será que Gavin está disposto a escrever sobre o casamento da SUA pessoa certa?

" - 'Você tem que confiar no que sente. Quando começa a pensar duas vezes, é porque está com problemas.'
Para alguns, pensar duas vezes é o que outros consideram tomar decisões racionais."

Quem gosta de romances leves, tipo romântico mesmo, com boas doses de humor, vai AMAR este livro. Ele é tão perfeito quanto eu senti que era quando li a sinopse pela primeira vez. Devan Sipher te conduz à histórias de amor verdadeiro, de dramas de noivas e de momentos hilários. É uma comédia romântica para ler de novo e depois mais uma vez. Me apaixonei demais pela obra e espero encontrar mais livros do autor por aí!
Super recomendo para quem curte o gênero! S2
"Talvez o motivo pelo qual eu ainda estava solteiro era preferir a fantasia de um relacionamento a um de verdade. Eu escrevia sobre casamentos, mas minhas histórias terminavam na noite da cerimônia, antes do início de qualquer complicação. Eu não era apenas um romântico incorrigível - era profissional nisso."

Você Deve Gostar Disto:

2 comentários

  1. Oi Xará,
    Eu tô querendo ler este livro tem tempo, até coloquei no LEV, uma hora eu consigo matar a vontade.
    Achei a resenha super fofa e só atiçou mais a curiosidade.
    O pobre rapaz ficará numa situação chata, né? Relatar a história de amor da sua cara metade... kkkk
    Preciso conferir.

    ResponderExcluir
  2. Livro simplesmente apaixonante...:*

    Ass: Daniel

    ResponderExcluir

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge