Garotas e livros

A Lista - Cecelia Ahern

Por 17:59 7 comentários



Uma lista. Cem nomes. Nada mais explicado. Esse é o desafio que Kitty Logan, jornalista da revista Etecetera,  tem em mãos. Escrever uma matéria e essas são as únicas informações que a sua amiga deixou. O que liga essas 100 pessoas? Qual o elo que faz de todos eles motivo para ter uma matéria a se escrever? É nessa jornada de descoberta que a autora nos leva. E você não irá se arrepender de embarcar nela.

Kitty Logan tem 32 anos e aos poucos está perdendo tudo o que conquistou: sua carreira está arruinada; seu namorado a deixou sem um motivo aparente; seu melhor amigo está decepcionado com ela; e o principal: sua confidente e mentora está gravemente doente.
Antes de morrer, Constance deixa um mistério nas mãos de Kitty que pode ser a chave para sua mudança de vida: uma relação de nomes de pessoas desconhecidas. É com base neles que Kitty deverá escrever a melhor matéria de sua carreira.
Quando começa a ouvir o que aquelas pessoas têm a dizer, Kitty aos poucos descobre as conexões entre suas histórias de vida e compreende por que foi escolhida para dar voz a elas.

Título original: Onde hundred names
Autor: Cecelia Ahern
Editora: Novo Conceito
Ano: 2015
Páginas: 384

"Todo indivíduo em qualquer parte do mundo tem uma história extraordinária para contar."

Kitty é uma personagem cativante. É humana, real. Seus problemas são palpáveis e comuns a qualquer um. Tendo cometido um erro gigantesco ao acusar um professor de pedofilia em rede televisiva, e ser grandemente processada por conta disso, ela vê sua carreira declinar. Como apresentadora, nem se fala. Mas sente que até na revista onde trabalha, seu emprego está em jogo. O que Kitty não consegue ver é que, por mais que ela tenha sido prejudicada nisso, tem sempre as outras partes da história, e ela não aprendeu a enxergar isso. Até seu melhor amigo Steve jogar a real para ela não muito delicadamente. Para completar, seu namorado a deixou e sua melhor amiga, Constance, dona da revista Etecetera, acaba de falecer. Em sua última conversa com Kitty, Constance fala sobre uma matéria que gostaria de publicar ainda. Mas somente diz onde está o arquivo. Com sua morte, Kitty fica responsável pela matéria, trabalho que se torna mais difícil do que Kitty imaginava.


"[...] Mas passara tantos dias ocupada andando de um lado para o outro, encontrando as pessoas na lista, que mal tivera tempo de encarar a verdade. E a verdade era que ela estava em apuros. Era hora de admitir isso, não apenas para sim mesma, mas para uma pessoa ainda mais importante."



Uma lista com o nome de 100 pessoas e nenhuma outra informação sobre o que deveria se tratar. Nomes que estavam na lista telefônica, nomes que Kitty começou a procurar, tendo o tempo como inimigo pois tinha poucos dias para fechar a matéria. A partir do momento em que Kitty começa a conhecer outras pessoas, vamos nos envolvendo em outras histórias, conhecendo novos personagens e o tempo todo tentando descobrir o que é que liga todos eles para estarem todos juntos na mesma lista. E isso move o livro de maneira tão deliciosa que você nem vê o tempo passar e quando se dá conta já está no fim do livro vibrando delirantemente. Cecelia juntou um grupo de pessoas totalmente diferentes e colocou-as na história de uma maneira única, e foi muito divertido ler tudo. Em paralelo com os dramas e problemas pessoais de Kitty, conhecer novas pessoas e ouvi-las falarem sobre suas próprias histórias, fez com que Kitty, aos poucos, fosse enxergando toda a verdade por trás daquela lista, entendendo, enfim, o que sua amiga Constance tinha em mente. 

"A questão era que Kitty sentia que sabia o que estava fazendo; voltara a agir de acordo com seus instintos, em vez de reagir aos dos outros."

Como o livro é narrado em terceira pessoa temos uma visão mais ampla de cada um dos nomes da lista que Kitty consegue conversar. É muito divertido ver como toda a trama se desenrola. É um livro cheio de romance, exemplos de vida, drama e uma boa dose de humor. Não conseguia largar a leitura. Quase virei o dia lendo, embora soubesse que no outro acordaria cedo. Cecelia consegue fazer isso com A Lista. Ela nos deixa apaixonados.


"Talvez pensemos que somos pessoas comuns, que nossa vida é entendiante por que não estamos fazendo nada de extraordinário nem estampando as capas dos jornais, tampouco suas manchetes, nem ganhando prêmios memoráveis. Mas a verdade é que todos nós fazemos coisas fascinantes e admiráveis e das quais deveríamos sentir orgulho."


Ainda me encontro maravilhada com o livro que li. Não esperava menos da Cecelia, ela me conquista acada livro que leio dela. É fantástico o modo como ela te envolve na trama, como te deixa sensível a tudo que ocorre durante o livro. O que não foi nem um pouco diferente com A Lista. Estou ainda com um sorriso bobo no rosto e uma reflexão interna de que há uma lista infinita de pessoas cheia de histórias para contar; cheia de segredos, de dores, de realizações, de arrependimentos, de novos planos. Uma lista de pessoas cheias de vida. E é isso que a autora nos apresenta nesta obra. Ela quer que saibamos que nós também temos uma história para contar. Uma lição que levarei para toda vida.
Não posso deixar de falar da capa linda do livro, que a Novo Conceito manteve a original, e contém vários nomes que estavam presentes na lista. A diagramação também está linda demais!
Vocês podem encontrar mais resenhas do livro da Cecelia Ahern aqui no blog!

Você Deve Gostar Disto:

7 comentários

  1. Oi, tudo bem?
    Eu já tinha visto algumas resenhas desse livro, mas nunca li nenhuma até hoje.
    Acabei por achar o livro bem interessante e fiquei curiosa para saber o que essas 100 pessoas têm em comum.
    Beijo
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiie Jessie!
      Tudo bem sim!
      Ah, leia! Se você gosta de romances, acho super válido a leitura. Se já leu algum da Cecelia e gostou, então aposte nesse!!! S2

      Beijo grande!

      Excluir
  2. eu ja li, mas sabe aquela história que te marca que você não consegue expressar bem em palavras?
    se pararmos pra analisar é um enredo mais simples, mas talvez o mais significativo da autora, ao trabalhar essa lista interminável de histórias ela nos mostra como cada um é especial! me peguei chorando em alguns momentos, rindo em outros, mas com certeza é um livro que recomendo!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Traduziu muito bem o que senti, Thaia. É uma trama simples, mas a lição que nos deixa é incrível! :)

      Excluir
  3. Amo a escrita da Cecelia, PS eu te amo é um dos meus preferidos. Tenho vontade de compra este.
    Ótima resenha.
    Acompanhando.

    http://devoradores2livros.blogspot.com.br/

    Um xero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee Moises!!! PS eu te amo é lindo mesmo, né? Compra este sim! Eu super recomendo! :D
      Te visitando lá no teu cantinho! S2

      Cheeeiro ^^

      Excluir
  4. É um livro lindo, fato! Fiquei encantada por ele e confesso que essa frase arrebatadora "todos tem uma história extraordinária para contar" combina comigo, em esperar em rodoviárias já escutei algumas muito legais.


    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge