Garotas e livros

O plano é o amor - Neiva Meriele

Por 16:12 2 comentários

Por que não falar de amor? Por que insistir e acreditar nele, mesmo quando tudo diz que não? Por que ter fé e se permitir sofrer, quando podemos dar as costas a tudo e seguir em frente? Esse é um livro que, acima de tudo, fala de amor. E mais ainda, do amor que Deus tem para conosco. Independentemente de religião, ele fala sobre o perdão, sobre família, sobre amor, sobre fé. E foi uma delícia ler esta obra.

Giovana acabara de realizar um grande sonho: casar com Rick, o amor de sua vida, ela não poderia estar mais feliz. Mas essa nova etapa que tanto fantasiou começou a se tornar um grande pesadelo. Constantemente testada, ela vivia sem forças, sentia-se sugada e prestes a se entregar, a ponto de desistir de seu plano de felicidade. E, muitas vezes, sentindo-se abandonada, ela chegou ao ponto-limite de suas forças quando viu o caos se instalar em sua vida. Então, uma habilidade especial, algo que ela nunca deu muita atenção sobre si mesma, reapareceu, o sinal, algo que ela desejou, imediatamente aconteceu. Pensou que tudo iria melhorar...
Mas há um plano para ela. E Giovana sabe que ainda tem muito a aprender. Venha se emocionar com uma história sobre o perdão, reconciliação e, sobretudo, a Fé.

Título: O plano é o amor
Autor: Neiva Meriele
Editora: Giz Editorial
Ano: 2015
Páginas: 192

"Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos."
Hebreus 11.1


Giovana tem passado por muita coisa. Mas durante anos, ter aguentado a tia do seu marido - sua sogra, já que ela o criou, não foi fácil. Uma mulher que destila veneno a cada palavra e não gosta da nora pelo simples fato de não gostar. E transparece, a cada contato visual sequer, o ódio que sente por ela. Como viver em paz e harmonia com uma pessoa como ela? Gioavana teve seu 'ano bom'. Aquele em que viveu somente com o marido. Mas Neli precisava de ajuda do Rick, dele mais presente para ajudar no negócio imobiliário que ela tinha. Mas no pacote, vinha morar na mesma casa, uma casa, de certo, sem paz alguma.

"Como era bom ter a chance de escolher entre o bem e o mal. E eu podia ter todas as tristezas humanas me esperando na vida, mas escolhi o amor, sabia que sofreria, mas somente o amor me guiaria a partir daquele momento."

A trama tem por base o relacionamento familiar destes três. Neli, sempre pronta a insultar e chamar nomes de todos os demônios possíveis, atraí para si, toda energia negativa. Sabe aquela história que "a palavra tem poder"? Sinto informar. Mas tem mesmo. Algumas cenas retratadas no livro chegam a arrepiar. Algumas por medo, outras, pela fé presenciada. A luta constante entre a paz e a discórdia, entre luz e trevas, terá que chegar ao fim, um dia. E é a esta batalha a que Giovana foi destinada. Ela é uma serva fiel e temente a Deus, e Ele tem um plano especial para ela. Seu imenso amor por Ricardo, seu marido e eterno namorado, é muito fofo e eles dois são lindos juntos. Mas algumas coisas do Rick me incomodam durante o livro.

"Deus havia nos unido com um propósito e ninguém destruiria o nosso amor, nem mesmo Neli, com toda sua maldade."

Daí você pergunta o porque deles morarem com a Neli. Me perguntei isso o livro todo. Ao menos, que a Giovana trabalhasse o dia inteiro e usasse a casa somente para dormir mesmo. Claro que a perversa da Neli ia achar tempo para infernizar, mas ao menos, seria menor. Então, isso me incomodou. Eu, sendo a Gio, me ocuparia mais e ficaria menos em casa. Acho que a personagem poderia ter valorizado mais o seu 'eu', e ido em busca de mais espaço para ela, batalhar pelo seu bem e de seu marido e ser mais firme para o que fosse melhor para os dois. Mas ela não era independente o suficiente para isso. Motivos? Não se sabe. Ela é apenas assim, o que é uma lástima. Não recomendo a ninguém. 

"Apesar de saber que Deus preparava e capacitava os seus escolhidos, eu tinha medo e orgulho. Eles, cada um a seu modo, me dominavam. Talvez tudo o que me faltava fosse um pouco de fé."

Tirando essa característica da Giovana e alguns momentos do Ricardo, o livro só me agradou. Li em apenas um dia. As letras são grandes e tem menos de 200 páginas, então é de leitura rápida. Ele me tocou de muitas formas. Sendo cristã, vi a necessidade de entregar mais as coisas nas mãos do Criador, de amar o próximo e, acima de tudo, de ter mais fé. De crer que as nossas promessas serão cumpridas, porque Suas obras são perfeitas. O livro foi uma benção. É uma história simples, cotidiana, e por mais que tenha algo sombrio nela, não é nada mais que a verdade de muitos ao nosso redor. Espero que vocês leiam e sejam tocados pelo amor de Deus também. É um livro para todos os públicos, credos, raças... É um livro que transborda amor! Então, vamos desfrutar dele!

Você Deve Gostar Disto:

2 comentários

  1. Por onde eu começo. Minha nossa, eu sei que parece meio clichê o que vou dizer, mas estou emocionada aqui. Que resenha maravilhosa, suas palavras tão certeiras, tocaram o meu coração como se não fosse eu quem escreveu a história <3
    Vou contar um segredinho que poucos sabem rs. A Giovana foi uma personagem que criei baseada em mim mesma, num período tenebroso que vivi no passado e, por isso, a retratei como uma dona de casa das antigas, que vive para o esposo e para a sogra. Acho que exatamente por isso é que ela (e eu) se sentia à beira de uma depressão, pois não tinha nenhuma válvula de escape.
    Enfim, só posso dizer que meu dia ficou iluminado com sua resenha <3

    ResponderExcluir

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge