Garotas e livros

Precisava de você - Pedro Guerra

Por 16:26 1 comentários

As vezes um livro te escolhe. Mesmo que você esteja lendo um livro muito bom no momento, outro livro chega, sem querer, de mansinho, sem você saber muito sobre ele, mas ele ocupa o lugar da vez. E foi isso o que aconteceu com Precisava de você. Como de costume, sempre folheio o livro. Para espiar a letra, diagramação, quebra de capítulo... E foi assim que a Lola me prendeu com sua história. Foi assim que o trabalho magnífico de ilustração me deixou embarcar nesse livro. Aí, quando vi já era tarde. Estava na página 30, sem consegui largar. Me apaixonei. 

Então está aqui tudo o que eu guardei por algum tempo. A partir de agora eu pretendo escrever, desde o começo, a nossa história (se é que eu posso chamar assim). O nosso (des)romance. Acho que a melhor maneira de se livrar de alguma coisa (neste caso, de alguém) é colocando para fora. Então é isso que eu vou fazer. Eu vou te exorcizar de mim. Que droga. Que droga, Gabriel Vegas. Eu gostava de você pra caramba.
Título: Precisava de você
Autor: Pedro Guerra
Editora: Belas Letras
Ano: 2015
Páginas: 224

"Eu deveria ter reparado, já de cara, que esse era nosso destino: lados opostos, ruas contrárias, linhas diferentes."



Este é um livro diferente. É um caderno escrito para Gabriel Vegas. É a forma que Lola tem de colocar para fora tudo o que eles viveram, e exorcizar essa paixão dela. É a forma de liberar sentimentos, desamores, desilusões... E eu super gostei disso! Afinal, quão legal não seria escrever para aquele ex todo nosso ponto de vista e depois ele ler tudo? Ah, ia ser bem interessante... 

"Gabriel, você era uma montanha-russa inacreditável!
A droga é que eu sempre gostei de parque de diversões."


Precisava de você é a história de Lola Tavares e Gabriel Vegas. Ou melhor, é a explicação de toda a história deles. Desde que Lola, voltando da faculdade, avistou um cara loiro e lindo na parada de ônibus, seus dias nunca mais foram os mesmos. Quem seria ele? Nessa cidade onde todo mundo se conhece, quem seria aquele ser lindo que não saia da cabeça dela? Até que ele volta a aparecer, devidamente acompanhado. É fato que vocês já sabem como esse livro termina. Se é um (des)romance, é óbvio que haverá mais dos dois. E há, porque Gabriel é lindo e Lola precisa de alguém. Ela nunca amou. Talvez ame o Gabriel, talvez não. Mas ela precisa viver isso. Mesmo ele sendo... Mais novo. É. Isso se torna um pequeno problema para Lola e suas teorias... 

"Sabia que ver você novamente era um erro. Mas também sabia que eu nunca tinha sido muito certa mesmo. Então eu preferi errar."

Dentre os amigos de Lola, estão Sam e Noel. Sam, o melhor amigo dela, gay, adorador de teorias e um cara que está sempre presente quando ela precisa. A mãe de Lola é outra peça rara nessa trama. Aparece pouco, mas sempre me faz dar risadas. Gostaria de ter visto mais do relacionamento delas. Lola retrata o relacionamento dos dois do início ao fim. Para uma universitária de 18 anos, se apaixonar por alguém de 17, que está no colegial, é bem complicado no começo. Muito da atitude de Gabriel durante o livro, ela justifica pela sua idade. Mas nem isso acaba sendo uma barreira. Como o livro são os relatos de Lola, nada temos na visão dele, o que nos faz ter raiva precipitada do tal Gabe, querendo saber o que, enfim, ele fez para que Lola quisesse enxotá-lo da sua vida. Ficamos o livro todo rindo com os micos e as preocupações bobas de Lola, sofrendo com os dissabores que ela passa e torcendo para que no fim, tudo dê certo.

"O meu sujeito indeterminado, deveras oculto, era você, Gabriel. E eu não sabia mais o que fazer. Acho que eu estava virando idiota demais, às vezes me olhava no espelho e já nem sabia direito se conseguia encontrar aquela garota sensata de 18 anos que queria se formar e trabalhar longe de uma cidade que naquela hora cheirava a você."

Em diversos momentos me identifiquei demais com a Lola. Sentimentos, sensações, ou até mesmo em suas teorias. Talvez uma questão momentânea. Talvez esse livro tenha chegado na hora certa. E sei que para muitas pessoas, ele trará a mesma emoção que eu senti. A avalanche de sentimentos por que Lola passa deixa tudo melhor nessa comédia-dramática-romântica. rs Eu simplesmente AMEI cada página lida. A história do Pedro Guerra é linda! Como Lola diz: 'É a história deles dois. De como tudo teve um fim. E, depois, um começo."
Não posso deixar de falar do trabalho editorial completo. A editora caprichou mesmo! Parabéns também à Karen Basso, que me fez fotografar quase o livro todo, salvando todas as ilustrações. A cada dia a literatura nacional me impressiona e me deixa com um baita orgulho! Fico feliz por ler tanta coisa boa!

No mais, LEIAM! S2 

Você Deve Gostar Disto:

1 comentários

  1. Ameei a resenha!
    Ainda não conhecia o livro, e adorei o que vc falou sobre ele :)
    Li 'ilustrações'!: omg :O *--*
    beijoss
    http://sublimar-me.blogspot.com

    ResponderExcluir

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge