Garotas e livros

[Primeiras impressões] Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler

Por 22:08 2 comentários


Chegou no meu e-mail ontem essa novidade LINDA da Novo Conceito. Uma degustação do lançamento de agosto, um livro doce, com uma história que parece ser bem cativante. Li um pouco do livro e o que eu li até agora, eu amei. Mais que um drama, pelo pouco que li, esse livro fala de encontros inesperados, segredos que podem mudar toda uma vida e explicar mais do que conhecemos.




O livro é narrado em primeira pessoa por dois personagens distintos. Ao menos, é o que nos é apresentados a princípio. Alice tem 30 anos e é uma aventureira, mais nova de três irmãs e um pai médico, perdeu sua mãe muito cedo e nunca se viu pertencente àquela família, nunca se viu feliz em viver em um só lugar. Em paralelo, temos Daniel, que anda por aí na esperança de encontrar a filha que nunca conheceu. Todos os anos lhe escreve uma carta, mas há somente o primeiro nome dela no envelope. falta o sobrenome, o endereço. O personagem vagueia em pensamentos e prevejo que o começo, ao menos, será mais cansativo essa parte com ele, visto do pouco que li. Gosto de diálogo, ao menos pensamentos não tão poético como é o dele, por vezes. rs

"Eu lhe envio um cartão de aniversário todos os anos. Não sei o dia exato, mas posso fazer uma boa estimativa. A coisa mais difícil é o envelope: todo aquele espaço em branco. Escrevo seu nome — tenho isso, ao menos —, mas não tenho o endereço. Coloco-o numa caixa do correio e sonho, nessas noites, com o envelope sendo colocado numa caixa de correio e você se aproximando dela."
  • Compartilhe:

Minha vida dava um livro - Guilherme Cepeda e Larissa Azevedo

Por 13:40 1 comentários


Este é um livro onde nós somos os autores. Você não vai escrever uma história, mas relembrar, escrever e registrar vários momentos da vida de um leitor. É um livro onde nós somos os autores, mas baseados em todas ou várias obras que lemos. É um livro que todo leitor viciado gostaria de rabiscar, escrever, desenhar, jogar todos aqueles quotes que marcamos tão avidamente com flags nos livros. É um livro fofo, idealizado pelos blogueiros do Burn Book. E vale muito a pena ter um livro desses.

Ei, aqui! Isso mesmo, estou falando com você. Você que anda pela livraria e muitas vezes perde a noção do tempo. Você, que distraidamente passa os olhos por pilhas de livros e lombadas coloridas e sempre compra mais edições do que pode ler no espaço de uma vida. Você, que agora parou para analisar esta capa entre tantas outras. Este livro é para você. A vida muitas vezes é tão maluca que chegamos a nos questionar se o que vivemos é realidade ou ficção. Experimentamos momentos e construímos enredos com tanta frequência que não surpreende pensarmos que nossa vida dava um livro.
E dava mesmo! Que tal, então, escrevê-lo aqui? Se você é louco por livros tanto quanto nós, se perde o ponto e dorme tarde porque simplesmente não consegue deixar de terminar pelo menos mais um capítulo ou se já não sabe mais quantos livros leu e quantas vezes teve a vida salva por uma história, aqui estão as páginas que o aceitam e compreendem. Transforme seus sonhos, citações, lembranças e, principalmente, palavras na narrativa mais empolgante e emocionante que existe: a sua vida! E, claro, não se esqueça de compartilhar.
Acompanhe a #SerieMinhaVida e divida conosco sua história. Sua vida dava um livro, é só virar a primeira página. Comece.
Título: Minha vida daria um livro
Autor: Guilherme Cepeda e Larissa Azevedo
Editora: Única
Ano: 2015
Páginas: 160

  • Compartilhe:

Ler dá sono?

Por 11:15 5 comentários


Faz certo tempo que tinha lido essa matéria na Super Interessante e acabei me deparando com ela mais uma vez e resolvi mostrar a vocês.
Muitas pessoas vem até mim e me dizem que não gosta de ler porque sempre dá sono. Não conseguem 'durar' na leitura e sempre caem desmaiadas. Mas a questão não é o livro. Ler não dá sono! A questão é resultante da química no nosso organismo.


Não é ler um livro que dá sono, claro, mas substâncias químicas que agem no corpo. Uma delas é a adenosina, que se acumula ao longo do dia. Quanto mais adenosina, maior o sono, explica Fábio Haggstram, diretor do Centro de Distúrbios do Sono do Hospital São Lucas, de Porto Alegre. Ou seja, o problema, na verdade, é a hora da leitura. Experimente ler em outro horário. Você pode até sentir preguiça, não conseguir nem virar a página e se entediar. Mas não terá sono.
Já a segunda substância envolvida é a melatonina. Ela regula o sono, pois é liberada quando o ambiente escurece. Por isso dormimos, normalmente, à noite. E, como a luz inibe a produção de melatonina, quem lê no tablet, por exemplo, tende a sentir menos sono do que quem lê no papel. É por esse mesmo motivo que é mais fácil passar horas na internet ou vendo televisão do que ler um bom livro de madrugada. Não se sinta culpado se a TV estiver mais agradável às 4h.

  • Compartilhe:

[Lançamentos - Julho] Grupo Pensamento Editorial

Por 08:01 1 comentários
Hello, pipous!!! S2 Vamos ver mais livros divos que estão sendo lançados este mês? Esse m^s, a Editora Jangada lança mais um livro que eu quero muito, mas antes, preciso ler o primeiro. hehehehe

Jack Morrow, de 13 anos de idade, descobre que tem a capacidade natural de viajar no tempo através das Necrovias, passagens interdimensionais que conectam as lápides à data de morte da pessoa enterrada. Desesperado para desvendar o segredo sombrio que cerca seus ancestrais, Jack viaja por elas e descobre um mundo secreto sob as ruas da Londres de 1940. Perseguido pelas Paladinas – versão feminina e fantasmagórica de cavaleiros medievais –, Jack precisa encontrar a mítica espada Durendal, perdida, antes que seja usada para reviver o terrível mestre das Paladinas, Rouland. O futuro de Jack, e de toda a sua família, depende de que ele evite o retorno de Rouland. Mas estará o tempo do seu lado?



  • Compartilhe:

[Lançamentos - Julho] Editora Novo Conceito

Por 15:19 3 comentários


Olá meu povo e minha pova!!! Como vai a vida?
Este mês, a Editora Novo Conceito está lançando livros divos! Como sempre, né? Convenhamos! Mas um em especial, tô muito a fim de ler. Uma distopia que promete te conquistar!!!


“Havia sido assinada à moda antiga, em triplicata. A cópia branca já era — fora entregue às autoridades. A cópia amarela acompanharia Connor até o fim, e a cor-de-rosa ficaria com seus pais, como evidência do que eles haviam feito.”

  • Compartilhe:

De olhos fechados - Lavínia Rocha

Por 15:16 3 comentários


Esse mês tá recheado de literatura nacional e eu adoro poder conhecer mais um autor, mais um livro, mais obras deliciosas desse nosso país.
De olhos fechados foi mais uma surpresa boa. Adoro quando os personagens são tão fora dos habituais e passa longe das mesmices. Neste livro, nossa Cecília, personagem central do romance, é cega. Mais do que ser "diferente", ela passa uma força e um exemplo de vida invejável. E eu adorei conhecer esse enredo tão doce.

"Ignorar é a solução" foi o que pensou Cecília quando alguns papéis começaram a surgir no seu quarto, na bolsa e nos seus livros. O que seriam aquelas ameaças e informações sem nexo? Quem estaria mandando? Como se não bastasse, a cada que os lê, uma imagem passa em sua mente. Talvez isso pudesse ser menos estranho se Cecília não fosse cega desde o dia que nasceu.

Título: De olhos fechados
Autor: Lavínia Rocha
Editora: D'Plácido
Ano: 2014
Páginas: 253

                                                                     Compre



"Uma vez aprendi que um pedido de desculpas não precisava vir em palavras; as vezes vinha em alguma atitude."




Na minha leitura anterior a personagem era negra. Agora, uma cega. Sim, cega. Nada de deficiente visual. Não venha com essa para a Cecília. Ela não tem vergonha de ser assim, de ter nascido com um sentido a menos. Bem, é essa coragem de encarar a vida e ser essa adolescente normal que me fez encantar pela Ceci. Mas quando o assunto é garotos, parece que toda essa segurança se esvai. Quando um novato chega na sala e lhe passa logo um bilhetinho (...), as coisas começam a ganhar um ritmo constantemente doce. Tiago é um amor de pessoa, um cara que todas as meninas iam querer namorar de tão atencioso e fofo que é. E confundir os sentimentos de Ceci e provocar toda essa sua postura independente acaba aproximando muito os dois. Você vê toda a autoconfiança dela entrar em desiquilíbrio e nos é exposto o preconceito que as vezes sentimos por nós mesmo. 

  • Compartilhe:

[+18] Dominados - Mila Wander

Por 17:36 5 comentários


Um livro que vai te deixar preso, te fisgar, te dominar. Você cola na história e se delicia com tudo o que Laura e Henrique nos oferece. Com um enredo muito sensual, cheio de tensão e carregado de exemplos de vida, Mila Wander consegue nos encantar com essa história. E eu adorei poder ter lido.

Laura Diniz está concorrendo a um cargo na diretoria da Construtora Marcos Delacox.
Henrique Farias também.
Laura Diniz é orgulhosa, ambiciosa, poderosa e viciada em desafios.
Henrique Farias também.
Laura Diniz é uma dominatrix fatal.
Henrique Farias é um dominador intenso.
O JOGO DE PODER E SEDUÇÃO SÓ ESTÁ COMEÇANDO...

Título: Dominados
Autor: Mila Wander
Editora: Qualis
Ano: 2014
Páginas: 96

"Era uma vez o amor. Então eu o matei e vivi feliz para sempre."

Laura Diniz é uma dominatrix fatal, uma mulher ambiciosa, poderosa, extremamente orgulhosa, que sabe que é boa no que faz e não se deixa rebaixar por ninguém. Adora desafios e dominar é um prazer sem medidas. A mulher é poderosíssima e eu AMEI ler cada linha com ela. Henrique Farias é um dominador intenso, sexy, lindo, extremamente orgulhoso e se garante no seu trabalho. Ele está concorrendo a um cargo na diretoria. Laura Diniz também. Imagine a explosão quando eles se chocarem? Não fique por perto. Você pode ser atingido.

"A Laura é muito Laura. Ela é o adjetivo do seu próprio sujeito."

  • Compartilhe:

Jennifer Lawrence irá estrelar a adaptação cinematográfica de "O projeto Rosie"

Por 23:11 3 comentários


Fiquei tão feliz com essa notícia que tive que compartilhar com vocês.
Para quem não conhece O projeto Rosie, (clica Aqui e confere a resenha), o livro conta a história de Don Tillman, um sujeito problemático que cria o Projeto Esposa para encontrar a mulher ideal. Fumante, vegetariana e incapaz de chegar na hora marcada, Rosie é uma pessoa improvável para ser esposa de Don, mas ela pode ser tudo o que ele precisa.

É um livro extremamente fofo. No começo você tem muita raiva do Don, por esse jeito esquisito, metódico, quase robótico dele. Mas aos poucos você vai vendo que esse jeito peculiar dele tem muito mais a mostrar.
O livro foi escrito por Graeme Simsion e contém muito romance, comédia e drama. Recomendo muito. O filme será produzido pela Sony, com roteiro de Scott Neustadter e Michael Weber (500 Dias Com Ela, O Maravilhoso Agora, A Culpa é das Estrelas, Cidades de Papel).
Leia o livro e se apaixone também!

"Nós dois rimos durante vários minutos, e Rosie inclusive me tocou algumas vezes no ombro. Não me importei, mas, quando paramos de rir, me senti esquisito de novo e desviei o olhar."

  • Compartilhe:

Conheçam Jackaby: Novo thriller investigativo-policial da Única

Por 06:30 2 comentários


Então, pipous! Jackaby está dando o que falar. Eu ainda - ainda mesmo - não li o livro mas estou ansiosa por tê-lo em mãos! Sou mega fã de ficção policial, então creio que vou me amarrar nesse! Quem já leu o livro está surtando pela continuação e torcemos para que chegue logo! Por isso, estamos levantando a hastag #LeiaJackaby nas redes sociais! Então, avante, pessoas!!!

Estou deixando um pouco sobre o livro para vocês aqui! Espero que curtam!



"Eu sou um homem de razão e da ciência. Acredito no que vejo e posso provar, e o que vejo geralmente é difícil para os outros compreenderem. Até onde eu descobri, tenho um dom ímpar. Isso me permite ver a verdade quando os outros só enxergam ilusão. E há muitas ilusões, muitas máscaras e fachadas. Como dizem, o mundo todo é um palco e parece que eu tenho a única poltrona da casa, com vista para os bastidores.” Abigail Rook deixou sua família na Inglaterra para encontrar uma vida mais empolgante além dos limites de seu lar. Entre caminhos e descaminhos, no gelado janeiro de 1892 ela desembarca na cidade de New Fiddleham. Tudo o que precisa é de um emprego de verdade, então, sua busca a leva diretamente para Jackaby, o estranho detetive que afirma ser capaz de identificar o sobrenatural. Contratada como assistente, em seu primeiro dia de trabalho Abigail se vê no meio de um caso emocionante: um serial killer está à solta na cidade. A polícia está convencida de que se trata de um vilão comum, contudo, para Jackaby, o assassino com certeza não é uma criatura humana. Será que Abigail conseguirá acompanhar os passos desse homem tão excêntrico? Ela finalmente encontrou a aventura com a qual tanto sonhara. Prepare-se para desvendar este mistério! 

- Para os fãs de Sherlock Holmes e Doctor Who.
- Eleito o melhor livro jovem 2014 pela Kirkus Review e um dos 40 melhores YA da estação pela CNN.
- Obra vencedora do prêmio Pacific Northwest 2015.




  • Compartilhe:

Grumpy Cat - Um livro azedo

Por 13:01 2 comentários


Já faz algum tempo que queria ler Grumpy Cat. Esse gato muito simpático - mas que de simpático não tem nada, que virou meme por aí, tem um humor nada convencional e ensina para quem quiser aprender a como ser um ser azedo. De acordo com ele, o verdadeiro azedume vem de dentro - você tem que senti-lo no seu íntimo. E mesmo que você não tenha nascido com ele, sempre pode aprender. E o livro ajuda muito com isso.
A minha pequena aí na foto abaixo não é tão grumpy assim... Mas as vezes parece que passa um repelente para pessoas. '-' 

Já vivi sete vidas... Esta é a pior de todas.
Em Grumpy Cat – Um livro azedo, o bichano vai mostrar que ser azedo não é um talento que vem de berço; qualquer um, com muito treino e determinação, pode desenvolver. O leitor vai conhecer a breve história do Gato (incluindo todos os sonhos que ele já arruinou), descobrir os bons motivos para odiar cachorros (e pessoas!) e praticar o mau humor.

Título original: Grumpy Cat - A Grumpy book
Autor: Grumpy Cat
Editora: Belas Letras
Ano: 2014
Páginas: 96



“Coisas a fazer hoje:
– Criticar você
– Criticar sua cara
– Tomar café da manhã
– Fazer um garotinho chorar
– Fazer uma velhinha chorar
– Ficar de boa com o cacto
– Tirar sarro do cachorro
– Dormir e esperar por outro dia terrível”
  • Compartilhe:

[Lançamentos - Julho] Editora Arqueiro, Sextante e Saída de Emergência

Por 17:57 2 comentários


Olá pipous!!! Como estão? Todos participando da promo do meu niver? Então, passa lá e participa que dá tempo!
Hoje venho com alguns lançamentos do Grupo editorial Sextante. Tem muito livro TOP, gente! Então, simbora fazer a listinha de livros de férias!

Confira a nova série da Lysa Kleypas. Segredos de uma noite de verão é o primeiro volume de As Quatro Estações do Amor.
Apesar de sua beleza e de seus modos encantadores, Annabelle Peyton nunca foi tirada para dançar nos eventos da sociedade londrina. Como qualquer moça de sua idade, ela mantém as esperanças de encontrar alguém, mas, sem um dote para oferecer e vendo a família em situação difícil, amor é um luxo ao qual não pode se dar.
Certa noite, em um dos bailes da temporada, conhece outras três moças também cansadas de ver o tempo passar sem ninguém para dividir sua vida. Juntas, as quatro dão início a um plano: usar todo o seu charme e sua astúcia feminina para encontrar um marido para cada, começando por Annabelle.
No entanto, o admirador mais intrigante e persistente de Annabelle, o rico e poderoso Simon Hunt, não parece ter interesse em levá-la ao altar – apenas a prazeres irresistíveis em seu quarto. A jovem está decidida a rejeitar essa proposta, só que é cada vez mais difícil resistir à sedução do rapaz.
As amigas se esforçam para encontrar um pretendente mais apropriado para ela. Mas a tarefa se complica depois que, numa noite de verão, Annabelle se entrega aos beijos tentadores de Simon... e descobre que o amor é um jogo perigoso.
No primeiro livro da série As Quatro Estações do Amor, Annabelle sai em busca de um marido, mas encontra amizades verdadeiras e desejos intensos que ela jamais poderia imaginar.

  • Compartilhe:

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge