Garotas e livros

A voz do arqueiro - Mia Sheridan

Por 10:30 9 comentários



"[...] Alguns dias eu tinha a sensação de mal conseguir dar conta das minhas emoções. Acho que cada pessoa lida com o sofrimento de formas diferentes - a dor e a cura são tão individuais  quanto as pessoas que as vivenciam."

Sempre que gosto muito de um livro me faltam as palavras exatas para falar dele. Foi assim com A voz do arqueiro, que me conquistou logo de cara, com uma história tão tocante, doce e triste, mas com uma narrativa tão deliciosa, e um romance tão lindo que me deixou extasiada. 

Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Baseado na mitologia de Sagitário, A voz do arqueiro é uma história sobre o poder transformador do amor.
Bree Prescott quer deixar para trás seu passado de sofrimentos e precisa de um lugar para recomeçar. Quando chega à pequena Pelion, no estado do Maine, ela se encanta pela cidade e decide ficar.
Logo seu caminho se cruza com o de Archer Hale, um rapaz mudo, de olhos profundos e músculos bem definidos, que se esconde atrás de uma aparência selvagem e parece invisível para todos do lugar. Intrigada pelo jovem, Bree se empenha em romper seu mundo de silêncio para descobrir quem ele é e que mistérios esconde.
Alternando o ponto de vista dos dois personagens, Mia Sheridan fala de um amor que incendeia e transforma vidas. De um lado, a história de uma mulher presa à lembrança de uma noite terrível. Do outro, a trajetória de um homem que convive silenciosamente com uma ferida profunda.
Archer pode ser a chave para a libertação de Bree e ela, a mulher que o ajudará a encontrar a própria voz. Juntos, os dois lutam para esquecer as marcas da violência e compreender muito mais do que as palavras poderiam expressar.
Título original: Archer's voice
Autor: Mia Sheridan
Editora: Arqueiro
Ano: 2015
Páginas: 326

"Dissemos mil palavras sem que nenhuma delas fosse pronunciada" 


A história gira em torno de Bree Prescott e Archer Hale. Bree quer deixar para trás o seu passado que insiste em atormentar todos os seus dias. Então ela foge de tudo o que lhe é familiar e tenta viver um dia de cada vez em uma cidade bem longe de sua casa. Nessa sua nova mudança, ela conhece o jovem Archer, de olhos incríveis e um corpo invejável, ele se esconde por trás de uma aparência um tanto rústica e vive de forma quase invisível na cidade. Até que Bree resolve desvendar esse homem misterioso. É basicamente a química entre duas pessoas. Ela se sente levada a se aproximar dele e compreende que nem sempre é necessário falar para que outro possa ouvir e acaba descobrindo tudo o que Archer guarda pra si e o quanto toda uma cidade pode negligenciar as pessoas que vivem em comunidade. Uma amizade começa a surgir a Archer passa a ter alguém em sua vida depois de tanto tempo de solidão.

"[...] Eu tinha vontade de perguntar a Bree por que ela queria passar seu tempo comigo, mas não tinha certeza das regras sociais nesse caso. Eu podia compreender diagramas avançados de alvenaria, mas, no que diz respeito a outras pessoas, eu me sentia perdido. Era mais fácil fingir que elas simplesmente não existiam."

A construção dos personagens desse livro foi perfeita. Adorei a história dos dois e a forma como foi conduzida a trama. Archer é um personagem incrível. Adorei cada detalhe dele, sua história tão comovente, sua vida e sua nova perspectiva do mundo. Ele é um mocinho bem fora dos padrões e isso foi mais o que me envolveu nessa trama. Ele é tudo o que podemos amar em um personagem e muito mais. Bondoso, inteligente, altruísta, paciente, puro. A simplicidade com a qual ele foi nos apresentado é tocante. Uma criança que perdeu tudo o que tinha de mais precioso, deixando cicatrizes que jamais poderiam ser curadas. Bree, apesar de tudo o que viveu e dos fantasmas do passado que ainda lhe assombram, é forte e determinada. E é nessa força que Archer vai se apoiar e encontrar motivos para superar seus medos, receios e buscar o melhor para si. 

"[...] Coisas ruins não acontecem com as pessoas porque elas merecem. Não é assim que funciona. É só... a vida. E não importa quem somos, temos que lidar com a sorte que nos cabe, por mais terrível que ela possa ser, e tentar fazer o melhor para seguir em frente de qualquer modo, amar de qualquer modo, ter esperança de qualquer modo... ter fé de que há um propósito para a nossa jornada.[...]"

O livro nos traz personagens que tiveram suas vidas destruídas e precisam se reerguer. Bree e Archer vão aos poucos se entendendo e criando laços que se estreitarão no decorrer do enredo. É muito gostoso acompanhar essa amizade e o início do romance mais puro e doce que li. Os capítulos se alternam entre os dois, narrados em primeira pessoa, o que nos faz conhecê-los ainda mais. A história deles é linda, sincera e cheia de aprendizado para ambos, o apoio mútuo deles selando aos poucos as feridas que carregam. Outros personagens também fazem parte da trama e cada qual tem seu papel dentro da história, entrelaçando com o romance central do livro. Preciso nem dizer que amei cada detalhe dele, não é? A história é linda, os personagens incríveis, a capa foi mantida tal qual a original e gostei bastante dela. A diagramação é simples e a revisão foi impecável. Adorei conhecer a escrita da Mia e me envolver nessa leitura. 



Você Deve Gostar Disto:

9 comentários

  1. Danni, eu pensei que o livro seria apenas concentrado em cenas mais quente e, principalmente as de sedução. Mas, pelo contrário, descobri que também possui cenas de demonstração de diversos tipos de carinho, amor e amizade. Eu não leria o livro por suas cenas mais quentes atrasarem minha leitura e, também, por ser uma série enorme.

    Resenha: A Agenda | arafaelagodoy.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso Ycaro!!!! É um livro fofo e fala muito de superar seus obstáculos. Achei o crescimento do personagem muito bom. E sim, é série. Mas a maioria são livros independentes. O segundo e o terceiro - O coração do Leão e O leão ferido - é que são continuações. :)

      Beijos

      Excluir
  2. esse não é um livro apenas para ser lido, mas também para ser sentido em todas as páginas, romântico, singelo, doce, uma grande ponta de tristeza, mas acima de tudo uma trama linda!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Descreveu tudo, Thaila. Ele é tocante. Perfeito. Foi uma leitura adorável! S2

      Excluir
  3. esse não é um livro apenas para ser lido, mas também para ser sentido em todas as páginas, romântico, singelo, doce, uma grande ponta de tristeza, mas acima de tudo uma trama linda!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não li este ainda, acabei começando pelo volume 2 que aliás, fiquei encantada. Este mês leio este e espero gostar tanto quanto você;
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh, Rose! Lê sim!!! É um livro lindo! bem, eu achei kkkkkk
      Estou doida pra pegar no segundo! Adorei a escrita da Mia!

      Bjoss

      Excluir
  5. Parece ser super interessante, adorei a resenha!!

    bjos
    www.chrisestephane.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra quem gosta de um romance bem romântico, doce e com pitadas de sensualidade, é ótimo!
      Beijos, flor!

      Excluir

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge