Garotas e livros

Ainda não acabou - Janaína Soares

Por 15:22 0 comentários

"... somos o que sonhamos. Sei que parece clichê essa frase, mas ela é tão real. Se não tivermos sonhos, o que temos então?"

Faz bastante tempo que estou com esse livro em mãos e agora estou arrependida de não ter lido logo. Desde que conheci a autora e fui apresentada à obra, surgiu aquela curiosidade devido a sinopse. Porque, convenhamos, é uma história muito louca a que a personagem passa, mas ao mesmo tempo é algo possível acontecer. E eu me pergunto... e se fosse comigo? Tomaria as mesmas decisões que Dalila? O que importa mesmo é o desfecho da obra. E é aqui que eu quero matar a autora! (com carinho, Janaína 😅💔)


Dalila e Marcos são um modelo de casal: lindos, ricos e muito apaixonados. Ele é um advogado renomado e trabalha na empresa da família ; ela é uma professora que trabalha apenas por prazer. Quando ele decide mudar de profissão e se arriscar em um negócio de restaurantes, investe tudo o que possui e, sem um plano definido, acabam perdendo todos os bens do casal, inclusive a mansão onde moram. Marcos entra em uma depressão profunda, e Dalila começa a se prostituir para pagar as dívidas. Quando ele descobre dos programas, expulsa-a de sua vida e ela perde a memória em um acidente de trânsito. Três anos depois eles se reencontram e se apaixonam perdidamente, sem Dalila ter conhecimento de que Marcos e seu marido.
Título: Ainda não acabou
Autora: Janaína Soares
Editora: Gramma
Ano: 2017
Páginas: 315
Adicione: Skoob

Primeiro trecho do livro:
"Quando o pastor fez o discurso durante a cerimônia do meu casamento, há sete anos, eu nunca imaginei que a parte que diz: '... na riqueza e na pobreza, até que a morte os separe...' poderia, de fato, acontecer."

Dalila teve uma infância difícil. Desde cedo começou a trabalhar pra ajudar no sustento da família e nunca teve uma vida normal desde pequena, mesmo assim acreditava, torcia para um futuro melhor e se esforçava pra isso. Batalhou arduamente e quando encontrou sua porta da felicidade abandonou totalmente seu passado, sem nem olhar para trás. Ela casou-se com Marcos, um cara lindo, gostoso, que gostava de ler e rico. Não foi por interesse, mas esse último fator foi aceito de forma rápida e com muita naturalidade. Professora, com um casamento incrível, uma mansão enorme, viagens várias vezes ao ano e uma vida plena, ela não queria mais nada. Tudo estava em perfeita sintonia até que seu esposo decide abandonar sua carreira para empreender. Aí é que tudo desanda.

"Eu nunca acreditei nas histórias de amor à primeira vista, mas aquela atração que senti por ele foi tão intensa..."  (pág. 19)

Nota de uma administradora: conheça onde você quer investir, procure ajuda de profissionais, estude o mercado, planeje, faça boas parcerias e procure atrair clientes fiéis, não em abrir filiais desesperadamente por aí. (Para mais ajudas, procure o SEBRAE). Saindo da carreira de advocacia e indo pra gastronomia, porque simplesmente ama cozinhar e é isso que quer, Marcos dá o primeiro passo para o dilúvio que virá sobre a vida do casal. Para tudo na vida é importante ter um planejamento, mas ele arrisca sem controle e coloca toda as finanças do casal no ralo. Sabe os votos de "na riqueza e na pobreza"? Dalila não leva muito a sério essa história não, é quando a gente só reforça o quanto ela também pode ser mesquinha. 

"[...] Infelizmente, o peso de todas as decisões tomadas por ele está nos massacrando, e não há mais sentimento de minha parte."  (pág. 54)

Para quem já tinha deixado para trás toda a família por serem pobres e a lembrarem de um passado de miséria, eu não esperava nada muito diferente em uma crise como essa. Regada de amizades superficiais e materialista, a vida as vezes volta para o acerto de contas. Mas mesmo com pensamentos tão pequenos, ela luta para se manter em pé enquanto o desgraçado do marido faz uma cagada atrás da outra. Aí eu passo a odiar o Marcos, porque sério, como ele pode ser tão burro?? Ele perde tudo, automaticamente ela também. Ele entra em depressão e deixa tudo nas costas dela, o que a desnorteia e ela não consegue mais dar aulas. Quando só resta a decepção,  uma pilha de dívidas e sem nenhuma esperança de novo emprego, é na prostituição que Dalila encontra dinheiro para comprar comida, pagar as contas, retomar a vida. A gente vê que não é fácil entrar nesse mundo, mas as vezes é difícil sair dele também. 

"[...] Seu toque é gentil e íntimo, e eu quero me agarrar a esses pequenos detalhes para não enlouquecer. Eu ainda o amo, sei disso, mas está tão intrinsecamente fundo em mim que é difícil encontrar o sentimento." (pág. 58)

O livro tem seus altos e baixos, mas a escrita da autora te prende e mesmo quando os personagens não te cativam em boa parte do livro, você quer saber no que vai dar isso tudo. Quando seu marido descobre da sua vida secreta (e que põe comida na mesa) e a expulsa de casa, Dalila se envolve em um acidente e perde a memória. E quando ela acorda é praticamente outra pessoa. Os últimos anos foram apagados e ela não faz ideia do porque se afastou dos pais, de quem é seu marido e da vida que um dia teve. Essa quase nova personagem é incrível e a gente só torce pelo melhor pra ela. Mesmo quando o que parece ser o melhor é seu ex marido desgraçado da cabeça que se aproxima sem dizer quem ele é.

"Eu devo ser punida por tudo o que fiz, por todos os pecados que cometi, então absorvo os acontecimentos como uma penitência. Punição. É isso."  (pág. 142)

Me irrita profundamente essas mentiras estúpidas que podem destruir tudo, acabar com o que quer que você esteja construindo ou quer manter. Mentira tem perna curta, todo mundo sabe disso mas ainda se insiste em fazer burrada. Paciência, né? O livro discorre super rápido da metade para o final, foi quando eu mais gostei dele, esse novo ângulo do casal é gostoso de ver. Apesar de um furo que me deixou pensativa, a Janaina conseguiu me fazer relutar para fechar o livro e parar de ler. Mas foram nas últimas páginas que quis matar a autora, porque eu realmente não sabia que ele tinha continuação! -_- O livro é divido em duas partes e na segunda a história voa, enquanto você fica ali torcendo para saber mas ao mesmo tempo ir mais devagar. 

"Terei que conviver com esse vácuo, essa lacuna em minha vida, pois sou incapaz, sozinha, de descobrir a minha história."  (pág. 157)

Agora eu fico aqui, ansiosa e doida pra saber como isso vai acabar. Eu simplesmente preciso do segundo pra ontem, porque ainda quero socar o Marcos demais, mas também encher de beijos porque esse casal é muito delicioso juntos. O romance tem aquele toque hot que deixa tudo melhor, mas é um drama bem arquitetado sobre família, perdão, e o poder que nossas escolhas tem na vida dos que amamos. Eu recomendo bastante! A capa não diz muito sobre a obra, talvez os estilhaços seja a vida em pedaços do casal. A história tem várias passagens marcantes e enchi o livro de flags! hehehe E é nacional, minha gente! Só por isso eu já digo: leiam! Conheçam, deem a oportunidade de ter esse livro na estante e no coração de vocês! ❤

     


Você Deve Gostar Disto:

0 comentários

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge