Garotas e livros

[Dorama] Beating Again

Por 10:30 0 comentários

Sempre que Vivi me indica um dorama eu fico na expectativa e apreensão. 
Expectativa porque 90% do que ela indica eu amo de cara. Apreensão porque é um vício e eu largo tudo só pra amar esses coreanos!

Não foi diferente com Beating Again (Caindo na Inocência ou Batendo novamente). E o que eu tenho feito é só começar a assistir doramas que já estão concluídos. Essa história de esperar dois episódios por semana não dá muito certo com eles não, meu coração não deixa. Ô vício bom!!!

Uma personalidade arrogante poderá mudar depois de receber um novo coração? O pai de Kang Min Ho (Jung Kyung Ho) era o presidente de uma grande empresa, mas seu pai morre repentinamente, e que leva ao seu tio assumir a empresa. Depois disso, Min Ho é chutado para fora da empresa. Mas depois que ele recebe um transplante de coração ''apaixonado'', Min Ho começa a perceber o verdadeiro significado do amor e da felicidade, especialmente depois que ele começa a desenvolver sentimentos por sua secretária, Kim Soon Jung (Kim So Yeon). Mas quando Joon Hee (Yoon Hyun Min) também se apaixona por Soon Jung, Min Ho terá que lutar por aquilo que ele realmente quer? "Falling For Innocence (aka Beating Again)" é um drama sul-coreano de 2015 dirigido por Ji Young Soo.

Título original: 순정에 반하다
Batendo novamente
Episódios: 16
Ano: 2015
Gênero: Romance, Comédia, Melodrama.
Idioma: Coreano / Legendado em português-br.
País: Coreia do Sul

O negócio é o seguinte. Tem um cara lá, muso da minha vida, que é conhecido como Assassino de empresas. Ele simplesmente compra empresas que estão já debilitadas, suga o dinheiro que dá pra sugar e despede todo mundo. Milhares de pessoas sendo demitidas durante apenas um almoço simplesmente porque ele acha mais fácil destruir o negócio do que erguê-lo. Kang Min Ho é esse cara. E você o odeia. Mesmo ele tendo sério problema cardíaco. Odeia principalmente essa cultura predominantemente machista no dorama - embora eles estejam evoluindo bastante ultimamente - e a maneira como ele trata todo mundo, principalmente a Kim Soong Jung, a secretária que ousou proteger a empresa em que trabalha.


King Soong Jung é esforçada, dedicada e apaixonada pelo policial mais romântico e fofo que já vi por aí. Eles se completam e é fofinho demais ver como ele a trata. Mas a vida dela começa a virar um caos quando o vingativo Min Ho descobre que ela é filha do homem que o traiu. Quando vamos conhecendo a vida dele e sua infância, entendemos porque ele se tornou o homem que é hoje e o que o impulsiona (mesmo que a vingança não seja plena, já diria Chaves) a se vingar de todos que o destruíram a sua vida antes que seu problema no coração se agrave. 


Além do apoio do namorado, Joon Hee, amigo do casal e amigo de trabalho da Soong Jung, está sempre por perto pra defendê-la dos ataques do rico e odiado Min Ho. Eles são melhores amigos desde sempre e lutou muito para chegar no nível em que está na empresa. Sua vontade era ser alguém merecedor do amor da Soong Jung. Já imagina a bagunça? Bem, tudo pode piorar. Um acidente põe em risco tudo pelo os que os personagens lutaram, todos os sonhos e desejos. Cada um sofrendo ao seu jeito, mas todos interligados. 


Já dá pra ver que é homem de mais se apaixonando pela mesma mulher, né non? É uma complicaçãozinha básica para a vida de qualquer uma. A evolução dos personagens, principalmente de Min Ho, e como eles lidam com tudo novo que surge é muito bem amarrado. Eu até agora me pergunto como eu não assisti isso antes, embora quando foi lançado eu nem sabia o que era dorama!


Eu amei a construção de cada personagem. A atuação de cada um no seu trabalho e como eles passam a lidar com os novos acontecimentos. Eu chorei demais nesse dorama. Mas sorri, vibrei, xinguei, odiei e me emocionei muito. Tem tantos personagens incríveis que não daria pra falar em uma só resenha e todos eles tem um papel importante da trama, mas não posso deixar de falar do secretário e amigo do Min Hoo e a detetive parceira do nosso policial fofinho. Esses dois com certeza nos fazem rir bastante. É delicioso ver a reviravolta que a vida dá e ver também que nem em toda ficção temos um conto de fadas. É real, é algo que pode acontecer a qualquer um e o final é previsível, mas muito bom.


Se eu recomendo? Ainda tem dúvidas? Melhor ainda é se você tiver Netflix, porque lá tem!  Está com o nome Batendo Novamente. E é só uma temporada... Assista! Me faz esse imenso favor e vamos conversar sobre ele e outros doramas também. Tenho certeza que vamos ter muito o que falar! ❤



  • Compartilhe:

Mochilão Record 2018

Por 10:30 0 comentários
Esse ano vai ter Mochilão de novo e estaremos por lá! Vamos nos encontrar? 

editora record em recife

O #MochilãoDaRecord desembarca em Recife para um evento imperdível com os apaixonados por literatura!

Vamos conhecer os lançamentos do Grupo Editorial Record numa tarde animada de livros, brindes e muitas surpresas! Venham ser #MochileirosDaRecord!

Com convidada especial: Ana Beatriz Brandão! ♥

[REGRAS DO EVENTO]

- Capacidade: 186 Lugares
- Distribuição de quantidade de senhas começa às 14h
- Haverá uma segunda sessão caso as senhas da primeira se esgotem;
- O evento é gratuito e, por questões de segurança, está sujeito à lotação do espaço;
- Restrição de 1 senha pessoal e intransferível;

Confirma presença no evento!

  • Compartilhe:

[Pré-venda] A vida compartilhada em uma admirável órbita fechada

Por 00:04 0 comentários

Quando a tripulação da Andarilha se apresentou aos leitores brasileiros em A Longa Viagem a um Pequeno Planeta Hostil, a gente já sabia: os darksiders iriam se apaixonar. É com muito carinho e amor espacial que a DarkSide® Books atende aos inúmeros pedidos de nossa família de penas e apresenta o segundo volume da premiada série de Becky Chambers: A VIDA COMPARTILHADA EM UMA ADMIRÁVEL ÓRBITA FECHADA.

Lovelace já foi a Inteligência Artificial responsável pelo funcionamento da nave Andarilha no passado. Ela tinha olhos e ouvidos em todos os lugares. Sabia de tudo, sabia de todos. E era dona de uma personalidade distinta e emoções muito humanas. Após uma reinicialização completa, ela acorda em um corpo sintético e sem nenhuma memória do que veio antes. Ela deixou de ser praticamente onisciente para assumir um corpo físico — em uma comunidade que considera esse ato ilegal.


Agora, Lovelace divide seu espaço e tempo com Sálvia, uma engenheira empolgada com os desafios que se colocam à sua frente, que arriscou a própria vida para fazer a instalação do novo e limitado corpo de Lovelace. E Sálvia sabe uma ou duas coisas sobre começar de novo. Nascida em uma classe de escravos criada por uma sociedade de engenheiros genéticos inescrupulosos, Sálvia fugiu para se reinventar quando a oportunidade se apresentou.

Compartilhando uma vida de aventuras juntas, Sálvia e Lovelace descobrem que, não importa qual seja o tamanho do espaço e o caminho que uma órbita fechada delimite, duas pessoas podem fazer sua própria história.

Com a criatividade e visão inovadora já conhecida entre seus leitores, Becky Chambers fala sobre amizade, libertação, humanidade, força feminina e também debate as teorias e limites do que é possível realizar com a inteligência Artificial. Tudo com o apuro exigido pelos fãs de ficção científica, que agora encontram uma nova casa na linha DarkLove, da DarkSide® Books.


  • Compartilhe:

[Blogagem coletiva] Sextante 20 anos

Por 16:23 0 comentários


Nos próximos dias 26 e 27 de maio ocorrerão o ciclo de palestras da Editora Sextante, pelo comemoração de 20 anos. Grandes nomes estarão presentes no fim de semana, como Augusto Cury, Bruna Lombardi, Daiana Garbin, Sri Prem Baba dentre outros. 
A Editora, que trabalha com livros que ajudam e orientam leitores em diversas áreas da vida, quer comemorar esta data tão especial com vocês, trazendo temas importantes para debates construtivos e inspiradores.

Se liguem na programação abaixo e não deixem de ir se estiverem em São Paulo! 
Para mais informações acesse o site > www.sextante20anos.com.br
  • Compartilhe:

[Divulgação] Escrevi isso pra você

Por 13:04 0 comentários

Você sempre me diz que foi bom enquanto durou. Que as chamas mais intensas são as que queimam mais rápido. Ou seja, você via em nós uma vela. E eu via em nós o sol.
Escrevi isso pra você é uma coletânea de poemas contemporâneos sobre os diversos momentos do amor: a paixão e o encantamento dos primeiros tempos, o lento afastamento, a solidão a dois, a dor do fim e a esperança de novos começos.
Reunindo cerca de 200 textos divididos em quatro partes – Sol, Lua, Estrelas, Chuva –, o poeta sul-africano Iain S. Thomas combina palavras profundas e intensas com fotografias frias e impessoais. O resultado é um livro que provoca uma explosão de sentimentos perturbadores e conflitantes, mas totalmente familiares a qualquer pessoa que já tenha amado e sofrido pelo menos uma vez.

Conhecido nas redes sociais pelo pseudônimo pleasefindthis, o autor começou sua trajetória na internet, publicando poemas e fotos em seu blog pessoal. Com o tempo, seu trabalho ganhou repercussão, se transformou em livro e encantou milhares de leitores ao redor do mundo.

Com extrema delicadeza, Escrevi isso pra você expõe a natureza frágil das relações humanas e as nuances líricas e obscuras do amor.


  • Compartilhe:

[Lançamentos - Maio] Editora Arqueiro e Sextante

Por 11:00 0 comentários
Vamos espiar os livros que serão lançados este mês pela Arqueiro e Sextante? 


Mais forte que o sol, Julia Quinn

Quando Charles Wycombe, o irresistível conde de Billington, cai de uma árvore – literalmente aos pés de Elllie Lyndon –, nenhum dos dois suspeita que esse encontro atrapalhado possa acabar em casamento.

Mas o conde precisa se casar antes de completar 30 anos, do contrário perderá sua fortuna. Ellie, por sua vez, tem que arranjar um marido ou a noiva intrometida e detestável de seu pai escolherá qualquer um para ela. Por isso o moço alto, bonito e galanteador que surge aparentemente do nada em sua vida parece ter caído do céu.

Charles e Ellie se entregam, então, a um casamento de conveniência, ela determinada a manter a independência e ele a continuar, na prática, como um homem solteiro.

No entanto, a química entre os dois é avassaladora e, enquanto um beijo leva a outro, a dupla improvável descobre que seu casamento não foi tão inconveniente assim, afinal...



Dentes de Dragão, Michael Crichton

Desde Jurassic Park, nunca foi tão perigoso escavar o passado.

Em 1876, no inóspito cenário do Oeste americano, os famosos paleontólogos e arquirrivais Othniel Marsh e Edwin Cope saqueiam o território à caça de fósseis de dinossauros. Ao mesmo tempo, vigiam, enganam e sabotam um ao outro numa batalha que entrará para a história como a Guerra dos Ossos.

Para vencer uma aposta, o arrogante estudante de Yale William Johnson se junta à expedição de Marsh. A viagem corre bem, até que o paranoico paleontólogo se convence de que o jovem é um espião a serviço do inimigo e o abandona numa perigosa cidade.

William, então, é forçado a se unir ao grupo de Cope e eles logo deparam com uma descoberta de proporções históricas. Mas junto com ela vêm grandes perigos, e a recém-adquirida resiliência de William será testada na luta para proteger seu esconderijo de alguns dos mais ardilosos indivíduos do Oeste.


Outlander, Um sopro de neve e cinzas
Livro seis

Uma história sobre escolhas difíceis.

América, 1772. Poucos anos antes da guerra de independência, o caos reina na colônia. Cadáveres espalham-se pelas ruas, vizinhos lutam entre si e grupos de salteadores aterrorizam a população por toda parte. Na Carolina do Norte, o incêndio de uma cabana e o assassinato de uma família inteira anunciam mudanças perturbadoras no cotidiano dos habitantes da Cordilheira dos Frasers.

Nesse cenário, Jamie Fraser recebe uma mensagem do governador Josiah Martin. Ele pede sua ajuda para conter os rebeldes e manter o domínio da Coroa britânica sobre as terras americanas. Mas Jamie já sabe o que está por vir. Sua esposa Claire, uma viajante no tempo nascida no século XX, conhece perfeitamente o destino reservado aos súditos leais do rei da Inglaterra: exílio ou morte.

Além disso, Claire surge com uma nota de jornal de 1776 que relata a morte dos dois num incêndio. Pela primeira vez, Jamie espera que ela esteja errada sobre o futuro.

Em meio às tensões, é chegado o momento de fazer uma escolha difícil, porém inadiável. À medida que se formam as linhas de combate e lealdades são testadas, Jamie e Claire sentirão na pele que absolutamente ninguém está seguro nesse novo país.


Escrevi isso pra você, Iain S. Thomas

Você sempre me diz que foi bom enquanto durou. Que as chamas mais intensas são as que queimam mais rápido. Ou seja, você via em nós uma vela. E eu via em nós o sol.

Escrevi isso pra você é uma coletânea de poemas contemporâneos sobre os diversos momentos do amor: a paixão e o encantamento dos primeiros tempos, o lento afastamento, a solidão a dois, a dor do fim e a esperança de novos começos.

Reunindo cerca de 200 textos divididos em quatro partes – Sol, Lua, Estrelas, Chuva –, o poeta sul-africano Iain S. Thomas combina palavras profundas e intensas com fotografias frias e impessoais. O resultado é um livro que provoca uma explosão de sentimentos perturbadores e conflitantes, mas totalmente familiares a qualquer pessoa que já tenha amado e sofrido pelo menos uma vez.


  • Compartilhe:

[Divulgação] Enclausurado

Por 18:05 0 comentários
Eu recebi o release da obra (que já foi lançada há alguns anos) e achei incrivelmente inusitado, diferente de tudo o que já li e me interessei bastante pra conhecer. Vim mostrar a vocês também!

O narrador deste livro é nada menos do que um feto. Enclausurado na barriga da mãe, ele escuta os planos da progenitora para, em conluio com seu amante — que é também tio do bebê —, assassinar o marido. Apesar do eco evidente nas tragédias de Shakespeare, este livro de McEwan é uma joia do humor e da narrativa fantástica. Em sua aparente simplicidade, Enclausurado é uma amostra sintética e divertida do impressionante domínio narrativo de McEwan, um dos maiores escritores da atualidade.

  • Compartilhe:

[Divulgação] O fim do mundo é aqui

Por 13:00 0 comentários

Nada na vida de Janie Vivian é comum. Pelo menos ela não quer que seja. Nem mesmo a amizade com Micah. Na escola, eles fingem nem se conhecerem. Mais uma ideia maluca de Janie, que Micah aceita sem questionar. A outra é matar a aula toda quinta-feira para se encontrar na pedreira, uma antiga área de extração de minério, onde eles colecionam pedras e segredos, interagem com a "metáfora" e dividem garrafas de vodca. Ali eles são apenas Janie e Micah, Micah e Janie, e um significa para o outro “mais do que qualquer coisa” e “mais do que tudo”.

A história começa com Micah acordando no hospital sem lembrar de coisa alguma. É como se o cérebro estivesse líquido. Quer dizer, a última lembrança é a de Janie atravessando a tábua que liga as janelas das casas vizinhas, no último dia de férias, antes de começar o terceiro ano. Eles fazem isso desde o ensino fundamental, mas agora tudo será diferente, pois Janie está se mudando para o outro lado da cidade, para uma casa grande que ela detesta com todas as forças. 

Por mais que todos tentem inserir memórias na cabeça de Micah, ele não tem a menor ideia do que fez nas últimas semanas. Por que ninguém responde objetivamente onde Janie está? Talvez respondam e ele esqueça novamente. Por que nos últimos dias dois policiais vêm ao quarto e perguntam coisas sobre as quais ele não faz a menor ideia? Quando foi que a casa de Janie pegou fogo? Por que é que todas aquelas pessoas do colégio estavam lá no momento do incêndio? Cadê a Janie, que ainda não veio fazer uma visita?

A escritora Amy Zhang constrói a história em duas partes, dividida em antes e depois do dia do incêndio, antes e depois de a existência ficar pesada demais para Janie. A autora reúne os questionamentos e as tentativas de Micah de se lembrar do que aconteceu, o ponto de vista de Janie antes de o mundo virar apocalipticamente de ponta-cabeça, e trechos dos diários em que a garota anotou de forma compulsiva frases de Virgínia Woolf e interpretações para seus contos de fadas preferidos. Assim como em seu primeiro livro, Quando tudo faz sentido, Amy Zhang escreve sobre a beleza e a perturbação do fim da adolescência e o início da vida adulta, as consequências das atitudes dos pais e a ingenuidade e a alegria com que os personagens encaram o mundo antes dele se tornar complexo e beirar o insuportável.


  • Compartilhe:

[Divulgação] 20 anos da Editora Sextante

Por 11:30 0 comentários
Em comemoração ao vigésimo aniversário da Sextante, um evento recheado de autores incríveis irá acontecer em São Paulo, nos dias 26 e 27 de maio e você está convidado! Vem conferir a programação deste momento!

aniversário sextante

Adquira seu ingresso:
26/5
MANHÃ: http://bit.ly/sextante20anos1
TARDE: http://bit.ly/sextante20anos2

27/5
MANHÃ: http://bit.ly/sextante20anos3
TARDE: http://bit.ly/sextante20anos4


  • Compartilhe:

[Divulgação] Lançamento - Depois da Tempestade - Rocco

Por 18:02 0 comentários
O inverno castiga uma pequena cidade do norte de Michigan. Uma garota de apenas 16 anos, Percy James, procura pela mãe desaparecida. Viciada em metanfetamina, foi vista pela última vez na casa de um traficante. Uma forte nevasca se aproxima, e ao invadir a casa para tentar resgatar a mãe, a garota encontra apenas um cão morto e um bebê, enquanto o perigoso negociante de drogas (Shelton Potter) dorme na sala com sua namorada depois de mais uma dose. Esse é o tom de Depois da tempestade, romance de estreia do norte-americano Travis Mulhauser.

Percy leva a pequena Jenna (o nome do bebê estava gravado no berço), que morria de frio, para a casa de um conhecido, Portis Dale, para limpá-la e alimentá-la. O traficante acorda, não encontra a criança e começa a tentar descobrir o que pode ter acontecido em uma situação tão improvável. Pela pouca distância entre as casas e as marcas deixadas por Percy na neve, os dois temem o momento em que ele vai descobrir de fato onde está o bebê e aparecer para resolver a situação. O cachorro de Portis late sem parar, parecendo pressentir o pior.

O ritmo do romance é um capítulo à parte. Travis Mulhauser parece não desperdiçar uma só palavra e narra tudo como uma avalanche, que vai ficando mais densa com o desenrolar da caçada de Shelton Potter para descobrir o que aconteceu com o bebê desaparecido. O livro alterna os pontos de vista de Percy, em primeira pessoa, e o de Shelton, em terceira.

Mistura de Inverno da Alma e Breaking Bad, o livro conjuga a luta de uma jovem pelo acolhimento familiar em um ambiente perigoso de drogas e pessoas pouco confiáveis. Percy James é uma personagem forte, que enfrenta sem medo os perigos reais que se apresentam e seus fantasmas mais pessoais.
  • Compartilhe:

[Novidades] A mulher na janela - Adaptação cinematográfica

Por 22:59 0 comentários
"Com uma taça numa das mãos e a Nikkon na outra, me sento num canto do escritório de onde posso ver tanto a janela que dá para p sul quanto a que dá para o oeste. Hora de bisbilhotar a vizinhança. Ou de fazer o meu controle de estoque, como Ed gosta de dizer."

E A mulher na janela terá filme! Já estou ansiosa para a adaptação deste trilher psicológico e já prevejo meus surtos no cinema caso fujam muito da história!

filme livro da mulher na janela

Vem conhecer mais sobre o livro e espia a resenha que fiz sobre ele! 

#euseioquevi

  • Compartilhe:

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge