Garotas e livros

[Divulgação] O fim do mundo é aqui

Por 13:00 0 comentários


Nada na vida de Janie Vivian é comum. Pelo menos ela não quer que seja. Nem mesmo a amizade com Micah. Na escola, eles fingem nem se conhecerem. Mais uma ideia maluca de Janie, que Micah aceita sem questionar. A outra é matar a aula toda quinta-feira para se encontrar na pedreira, uma antiga área de extração de minério, onde eles colecionam pedras e segredos, interagem com a "metáfora" e dividem garrafas de vodca. Ali eles são apenas Janie e Micah, Micah e Janie, e um significa para o outro “mais do que qualquer coisa” e “mais do que tudo”.

A história começa com Micah acordando no hospital sem lembrar de coisa alguma. É como se o cérebro estivesse líquido. Quer dizer, a última lembrança é a de Janie atravessando a tábua que liga as janelas das casas vizinhas, no último dia de férias, antes de começar o terceiro ano. Eles fazem isso desde o ensino fundamental, mas agora tudo será diferente, pois Janie está se mudando para o outro lado da cidade, para uma casa grande que ela detesta com todas as forças. 

Por mais que todos tentem inserir memórias na cabeça de Micah, ele não tem a menor ideia do que fez nas últimas semanas. Por que ninguém responde objetivamente onde Janie está? Talvez respondam e ele esqueça novamente. Por que nos últimos dias dois policiais vêm ao quarto e perguntam coisas sobre as quais ele não faz a menor ideia? Quando foi que a casa de Janie pegou fogo? Por que é que todas aquelas pessoas do colégio estavam lá no momento do incêndio? Cadê a Janie, que ainda não veio fazer uma visita?

A escritora Amy Zhang constrói a história em duas partes, dividida em antes e depois do dia do incêndio, antes e depois de a existência ficar pesada demais para Janie. A autora reúne os questionamentos e as tentativas de Micah de se lembrar do que aconteceu, o ponto de vista de Janie antes de o mundo virar apocalipticamente de ponta-cabeça, e trechos dos diários em que a garota anotou de forma compulsiva frases de Virgínia Woolf e interpretações para seus contos de fadas preferidos. Assim como em seu primeiro livro, Quando tudo faz sentido, Amy Zhang escreve sobre a beleza e a perturbação do fim da adolescência e o início da vida adulta, as consequências das atitudes dos pais e a ingenuidade e a alegria com que os personagens encaram o mundo antes dele se tornar complexo e beirar o insuportável.


Você Deve Gostar Disto:

0 comentários

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge