Garotas e livros

[Divulgação] A Sombria Queda de Elizabeth Frankenstein

Por 21:20 0 comentários

Plataforma21 celebra os 200 anos do clássico romance de Mary Shelley com A Sombria Queda de Elizabeth Frankenstein


Mary Shelley revolucionou a literatura com Frankenstein, sua obra-prima publicada em janeiro de 1818 e que se tornou referência do gênero terror na literatura e no cinema, no qual teve inúmeras adaptações. Em comemoração ao bicentenário de sua publicação, a Plataforma21 lança no Brasil a releitura do clássico tecido por Kiersten White sob um ponto de vista inédito. Em A sombria queda de Elizabeth Frankenstein, a protagonista conta a própria história e também a do monstro.

Elizabeth Lavenza não tem uma refeição decente há semanas. Seus braços magros estão cobertos de hematomas causados por sua “guardiã” e ela está prestes a ser jogada nas ruas, até que é levada para a casa de Victor Frankenstein, um menino solitário que não tem sorriso e tem tudo - exceto um amigo.

Victor é sua fuga da miséria. Elizabeth faz tudo o que pode para se tornar indispensável – e funciona. Ela é levada pela família Frankenstein e recompensada com uma cama quente, comida deliciosa e vestidos da melhor seda. Logo ela e Victor são inseparáveis. À medida que crescem juntos, acabam por trazer Justine para o rebanho após resgatá-la de sua mãe abusiva e, mais tarde, Henry, cujos pais e os Frankensteins se tornam amigos.

Mas a nova vida dela tem um preço. Com o passar dos anos, a sobrevivência de Elizabeth depende de sua capacidade de controlar o temperamento perigoso de Victor e de ser indulgente com os caprichos dele, não importa quão moralmente questionáveis ou perversos possam ser. 

Atrás de seus olhos azuis e sorriso meigo está a mente sofisticada de uma garota determinada a permanecer viva, não importando o custo, até mesmo quando o mundo tal qual ela conhece, progressivamente, é consumido pela total escuridão, levando-a a um futuro muito mais perigoso e aterrorizante do que ela jamais poderia imaginar...


Sobre a autora:
Kiersten White é autora premiada, best-seller do New York Times – dentre seus sucessos está a Saga da Conquistadora, também publicada pelaPlataforma21. A autora acredita que os livros são apenas palavras mortas em uma página até ganharem vida no cérebro daqueles que as leem. Por isso, seus leitores seriam um pouco como “doutores Frankenstein” – neste caso, os livros são os monstros. A autora vive com a família em San Diego, no sul da Califórnia (EUA). A proximidade de seu lar ao Oceano Pacífico a impulsiona a sonhar com lugares distantes. E com tempos ainda mais longínquos.



Sobre a editora
Plataforma21, o selo jovem da V&R Editoras - focado nos jovens adultos entre 18 e 24 anos - chega para oferecer o que há de melhor na literatura de entretenimento: aventura, romance, fantasia e cultura pop. A palavra “plataforma”, hoje muito usada dentro do universo digital, foi escolhida por remeter ao lugar que possibilita uma viagem. Um nome que é, ao mesmo tempo, um local de permanência e convivência e um ponto de partida/chegada — a plataforma de onde se parte para viver uma grande história ou se retorna querendo mais. Já o número 21 faz referência ao compromisso de modernidade e atualidade. A junção dos dois conceitos traz à marca a ideia de futuro perene.

Você Deve Gostar Disto:

0 comentários

Translate

Garotos são bem-vindos!

Google+ Badge