Garotas e livros

No meu sonho te amei | Abbi Glines

Por 13:30 0 comentários

Para quem conhece as séries da Abbi Glines com certeza vai amar essa história. Fugindo um pouco dos romances quentes e garotos de cidade praiana, ela traz um romance doce que fala de descobertas e do quanto a vida pode mudar de uma hora para outra e como e o que podemos fazer diante de uma reviravolta em nossa vida.

Na noite da formatura, Vale McKinley sofre um terrível acidente de carro. Junto com ela está Crawford, seu namorado, que acaba entrando em coma. Eles pretendiam aproveitar o verão fazendo planos para a universidade, com um futuro brilhante cheio de possibilidades. Agora, Vale passa longos dias no hospital, à espera de que Crawford acorde.

Lá, ela encontra por acaso com Slate Allen, colega de faculdade do seu irmão. O garoto aparece regularmente para visitar o tio, que está internado. Quando se esbarram, Vale não consegue negar a atração proibida entre eles. Ela tenta ignorar seus sentimentos, mas não é imune ao charme de Slate. Aos poucos, os dois se aproximam.
Depois de muito relutar em sair do lado de Crawford, Vale cede aos apelos da família e vai para universidade, pensando que o namorado gostaria que ela tocasse a vida. Só que agora a garota está no território de Slate e a história dos dois vai sofrer uma grande reviravolta.
Título original: As she fades
Autora: Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Ano: 2019
Páginas: 240
Adicione: Skoob


Primeira frase do livro:
"Sempre gostei do cheiro das noite de verão."


Vale passou por essa mudança, desde o dia do acidente tudo mudou. O verão que prometia ser de uma despedida para ir pra faculdade, passou a ser regado de visitas diárias ao hospital para ver Crawford, seu namorado, que está em coma. O dia da formatura, tão feliz e esperançoso, acabou de forma trágica, mudando todos os planos que os dois vinham construindo para si a vida toda. Há um mês ela se vê diariamente no hospital, esperando o cara por quem é apaixonada desde os seis anos de idade acordar, estar ali para ele, ao lado dele, caso ele abrisse os olhos.

"Não havia felicidade possível sem Crawford. Mas achei melhor não responder isso."

O que ela não esperava era conhecer Slate Allen, o cara de lindos olhos verdes que estava sempre no hospital com o tio em tratamento. Só que ele era mesmo o tipo da pessoa que aparentava ser, já que vivia se agarrando com alguma enfermeira. Talvez 'ranço' tenha sido a palavra que ela logo pensou ao saber mais dele e que de ele adorava uma conquista. Mas sendo amigo de fraternidade do irmão dela, ele acabou sendo uma pessoa mais presente do que ela gostaria. Só que Vale conseguia enxergar mais dele do que ele queria mostrar ou mais do que sua fama dizia, e uma atração mútua surgiria ali.

"Ser quem eu queria ser não seria lá muito fácil. Porque eu não sabia mais quem eu era."

As decisões que a personagem tem que tomar a partir daí dão seguimento à trama de forma rápida. Ela não queria se afastar do namorado, mas todo mundo dizia que ela precisava viver, seguir em frente, ir para a faculdade sem ele. E com razão. Não se sabia quando Crawford podia acordar, podia ser amanhã ou daqui a anos. Ela simplesmente não poderia estacionar sua vida esperando um milagre. Então ela vai para a faculdade e começa a notar a quantidade de decisões que nunca tomou na vida. Ela viveu a vida toda seguindo seu amado para onde quer que fosse, deixando que ele tomasse a frente de tudo e agora ela tinha que fazer as próprias escolhas, por mais simples que fossem. Para quem passou a vida tentando agradar, aquele foi um momento de descobertas e foi gostoso acompanhar essa jornada da Vale.

"[...] Na manhã seguinte eu teria que começar tudo outra vez. Um novo dia. Para tentar me conhecer melhor, aprender a ser feliz. A vida tinha sido cruel comigo, mas cedo ou tarde eu acabaria encontrando meu caminho."

O livro é divido em duas partes e confesso que não esperei pelo que se seguiu na segunda parte, talvez por falta de atenção, já que parece um tanto óbvio pra mim agora. Mas me surpreendeu porque deixou a história menos dramática do que achei que ficaria e os capítulos saem da narração somente da Vale e passam a intercalar com Slate. E esperei ansiosa por cada visão dele da história. Ambos tinham tragédias em suas vidas e se entendiam bem. E eu adorei ele desde o começo, nem nego. É impossível não gostar. Os relacionamentos familiares e as novas amizades são pontos altos da trama que vão se destrinchando com o romance fofo que segue. Porém eu esperava bem mais nessa segunda parte, mais história, mais páginas, mais desenvolvimento do romance. Achei que acabou rápido demais.

"Nunca tive ninguém que fizesse isso por mim. Que ficasse ao meu lado nos momentos difíceis. Ninguém em que eu pudesse confiar, além do tio D."

É um romance juvenil suave, com uma ou duas cenas mais provocantes, mas nada como os outros livros da Abbi. A escrita continua maravilhosa, o tipo de livro que você lê em uma 'sentada'. Aquele tipo de história para ler num domingo preguiçoso, que te faz rir e te emociona e te deixa com o coração aquecido e um sorriso bobo no rosto. Vale muito a pena a leitura.

  

Você Deve Gostar Disto:

0 comentários

Translate

Garotos são bem-vindos!